Advertisements

O “jogo duplo” de Raul Correa da Silva no Corinthians

Ontem, enquanto todos os grupos de oposição à gestão Andres Sanches, no Corinthians, manifestavam indignação com as mentiras contadas pelos dirigentes, referentes ao acordo do clube com o BMG, o ex-diretor financeiro alvinegro, Raul Corrêa da Silva, fazia “jogo-duplo”.

Seu grupo, o “Corinthians Grande”, que intitula-se “oposicionista”, comportou-se assim, publicamente, ao emitir “nota oficial” questionando as lorotas de Rosenberg e Andres Sanches.

Porém, no “reservado”, fora do olhar de associados e torcedores, a manobra foi bem diferente.

Raul, que é o principal, se não o único financiador relevante do “Corinthians Grande”, enviou a seguinte mensagem aos conselheiros do clube:

“Pessoal, ninguém toma decisão no palpite”

“O Rosemberg e o Andres são experientes”

“Tenho certeza que foram feitas simulações que suportem a base de 30 milhões e até eventuais 42 milhões”

“O contrato com a Nike é similar e sempre supera, e em muito, a base”

“Vamos esperar a demonstração, que provavelmente seria apresentada ao CORI e Conselho e agora deve ter sua mostra, antecipada”

Corrêa entende bem de BMG e Corinthians, pois, em sua passagem pela gestão Andres Sanches deu aval a diversos negócios nebulosos entre as partes, ajeitando-os, posteriormente, em balanços que, hoje em dia, além de tratados como “maquiados” pelo dirigente que o sucedeu, estão sendo investigados criminalmente na Justiça Federal.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: