Advertisements
Anúncios

Liverpool disputará a Champions League com o Real Madrid

A final da Champions League será disputada entre Real Madrid e o Liverpool, que hoje apesar de perder para a Roma, por quatro a dois, segurou a grande vantagem adquirida no primeiro embate entre as equipes.

Precisando reverter o placar, a Roma iniciou a partida no ataque, empurrada pelo seu torcedor, porém, aos 08 minutos, Nainggolan bobeou e serviu de presente à Firmino que rolou com açúcar para Mané bater cruzando e abrir o marcador.

Os italianos precisavam, agora, de quatro gols para avançar, diretamente, à final do torneio.

Uma missão quase impossível.

Para animar, noutra lambança, desta vez inglesa, a Roma empatou, quando a defesa adversária tentou cortar na base do chutão, mas a bola bateu em Milner, que, de rosto, marcou o gol contra.

O jogo ficou aberto e o Liverpool jogava melhor.

Não por acaso, aos 25 minutos, após cobrança de escanteio, a zaga romana bateu cabeça, pediu impedimento – que não houve, e Wijnaldum, sem marcação, desviou de cabeça o suficiente para desviar de Alisson.

Dois a um.

Sem alternativa, na pressão ofensiva, El Shaarawy acertou a trave dos ingleses aos 34 minutos.

O jogo era duro para a Roma, que sofria nos contragolpes criados pelo poderoso ataque do Liverpool.

Ainda assim, no início do segundo tempo, aos 06 minutos, os italianos empataram com Dzeko, aproveitando de rebote do goleiro em batida de El Shaarawy.

Que jogaço !

Na pressão, a Roma foi gravemente prejudicada pela arbitragem, aos 17 minutos, após Arnold colocar, escandalosamente, a mão na bola em batida de El Shaarawy, quase na pequena área.

Além de pênalti, o lance também deveria ser de expulsão.

Aos 35 minutos, Alisson deixou a torcida romana com calafrios ao fazer lambança com a bola nos pés e quase perdê-la para Salah, o craque do Liverpool, hoje absolutamente apagado na partida.

Nainggolan. aos 40 minutos, marcou um golaço, de fora da área, virando para a Roma.

Deu tempo ainda para o mesmo Nainggolan, aos 48 minutos, assinalar o quarto dos italianos, em penalidade pra lá de duvidosa, garantindo a vitória por quatro a dois, porém ainda insuficientes para a classificação.

Com este resultado, Real Madrid e Liverpool, Cristiano Ronaldo e Salah, todos com vocação ofensiva, decidirão uma Champions League que tem tudo para apresentar um jogo final absolutamente emocionante.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: