Anúncios

Em 1958, dirigente do São Paulo garantiu conclusão de estudos a jogador

Eram outros tempos, mas vale sempre a pena a lembrança, para quem sabe, estimular novos dirigentes, que hoje pensam apenas no negócio futebol a olhar mais para o ser-humano jogador.

O escritor José Renato Satiro Santiago postou em seu facebook:

“Já tinha ouvido falar nesta história. Era janeiro de 1958, quando o São Paulo se interessou em contratar meu tio Fernando Sátiro, jogador do Gentilândia, equipe da cidade de Fortaleza.”

“A condição exigida pelo seu pai, Mahir, era que o clube garantisse que ele concluísse seus estudos na capital paulista.”

“Enfim, agora tenha os documentos que comprovam tal fato.”

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: