Anúncios

Patrocinadora do Corinthians tem esquema de comercialização de ingressos VIPs e camarotes na Arena de Itaquera

A empresa APOLLO SPORTS CAPITAL, suposto Fundo de Investimentos que adquiriu os direitos de negociar (e receber os valores, na íntegra) patrocínios da parte superior das costas da camisa do Corinthians, tem lucrado, também, com provável facilitação de dirigentes alvinegros, na venda irregular de camarotes, ingressos VIPs e estacionamento na Arena de Itaquera.

Os valores cobrados são: R$ 200 para o setor VIP e R$ 250 para o camarote corporativo.

As entradas são impressas pela OMNI, à título de “cortesia” e repassadas a intermediários da APOLLO, que, sem o menor constrangimento, anunciam as vendas, realizadas por depósito bancário.

Nenhum centavo entra nos cofres do Corinthians, muito menos do Arena Fundo, que é obrigado a efetuar o repasse de toda a arrecadação à CAIXA, também lesada, como forma de liquidar o pagamento do empréstimo da construção do estádio, tomado junto ao BNDES.

Os intermediários da APOLLO fazem, também, venda casada (por pacote de três ingressos) da utilização do estacionamento da Arena, não por acaso gerido pela OMNI.

Recentemente, foi por intermédio da APOLLO que o deputado federal Andres Sanches (PT), ex-presidente do Corinthians, negociou a custo de R$ 650 (cada ingresso), entradas para o Camarote VIP do Villa Mix (do qual é proprietário), comercializado em Itaquera para o jogo da Seleção Brasileira contra o Paraguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Outro patrocinador do Corinthians, a cervejaria “Estrella Galícia”, é citada como fornecedora oficial do “open bar”, vendido dentro do esquema de ingressos citado na matéria.

Detalhes do acordo forma entre Corinthians e Apollo

Em 2016, o Corinthians, à época do acordo com a Apollo, através de seu diretor de marketing, Gustavo Herbetta, mentiu á imprensa, dizendo que os valores pagos seriam de R$ 30 milhões por três anos, quando, em verdade, segundo contrato em poder do blog, o montante é de R$ 21 milhões.

Porém, outra inexplicável venda, pouco divulgada à época, feita pelo Corinthians à APOLLO, com anuência da OMNI (gestora do Fiel Torcedor e do estacionamento do estádio), e, por consequência, do deputado federal Andres Sanches (PT), sócio oculto da empresa, a custo de R$ 2 milhões, foi da base de dados de todos os ‘fiéis torcedores”, com autorização, ainda, para, segundo contrato: “exploração dos sócios torcedores”.

O leitor verá, na sequência, que a palavra “exploração”, talvez não no contexto que deveria, está sendo levada a cabo.

Firmado em 2016, este acordo findará apenas em 2021, com inexplicável prazo de carência para pagamento dos R$ 2 milhões, que, parcelados, começarão a serem quitados apenas em 2019.

Há também uma clausula, que, por razões óbvias, o clube deveria saber, dificilmente seria cumprida, que é a obrigatoriedade da APOLLO pagar mais R$ 4 milhões, desde que o montante de “Fiéis Torcedores” ultrapasse 1 milhão de pessoas.

Hoje, mais de um ano após a operação do acordo, o número gira em torno de 100 mil.

O proprietário da APOLLO, que foi constituída no dia 19 de maio de 2016, poucos dias antes de acertar com o Corinthians, trata-se de Antonio Manuel Carvalho Baptista Vieira, acusado pelo Ministério Público Federal, em sua “Operação Lava-Jato”, de lavar US$ 3,2 milhões para João Procópio, um funcionário do doleiro Alberto Yousseff em 2013.

Antonio não consta no Contrato Social, mas a empresa, que inicialmente disse ter capital social de R$ 1 mil, ampliou-o, posteriormente, para R$ 121 milhões, sem colocar um centavo no caixa, amparados em terrenos, que declarou como seus, mas que, em verdade, pertencem ao amigo do enrolado doleiro.

Por razões óbvias, a APOLLO nega que Antonio Manuel esteja no negócio.

Roberto Andrade, quando questionado pela imprensa sobre as ligações complicadas da empresa, respondeu, em nota:

“O Sport Club Corinthians Paulista negociou o contrato com o CEO da Apollo, o Sr. Michael Gruen, e a empresa passou pelo crivo financeiro e jurídico do clube, assim como todos os patrocinadores. Os órgãos competentes que regulam o mercado que a Apollo atua validaram a composição da empresa. Portanto, o Corinthians não tem nada a declarar a respeito disso.”

Ou seja, além do departamento de marketing e da presidência, estão comprometidos, também, talvez apenas por incompetência, os diretores financeiros e jurídico do Timão, respectivamente Emerson Piovesan e Luis Alberto Bussab.

O Golpe

O Blog do Paulinho teve acesso, ontem, por intermédio do associado do Corinthians, Rolando Wohlers, o Ciborg, de panfleto promocional indicando a comercialização de Áreas Vips e Camarotes, combinados com vagas de estacionamento, da Arena de Itaquera.

Era prometido no impresso:

  • Setor VIP: R$ 200

Com direito a “Open Bar”, no setor oeste inferior da Arena

  • Camarote Corporativo: R$ 250

Com direito a “Open Bar”, visão superior do jogo, além de “happy hour” com música ao vivo e chopp liberado pela “Estrella Galícia”, patrocinadora do Corinthians.

  • Estacionamento: Grátis

A cada pacote com três ingressos, o estacionamento, em área exclusiva da diretoria, é liberado pela OMNI (parceira da APOLLO neste negócio).

O panfleto especifica, ainda, o nome de um dos intermediários da APOLLO, até então apenas Bernardo, com os telefones (11) 95497-9355 (wathsapp) e (11) 93807-4469.

Blog do Paulinho identifica e conversa com intermediário

Marcio Pereira Bernardo é o intermediário da APOLLO Sports que assina o panfleto indicando a comercialização ilegal de Áreas Vips e Camarotes da Arena de Itaquera, com facilitação da OMNI e de dirigentes do Corinthians.

Nascido em 23 de abril de 1980, tem 37 anos.

O CPF é: 287.xxx.488-xx

Marcio reside num prédio, à Avenida Paes de Barros nº 2362, apto 111, no bairro da Mooca, em São Paulo.

Possui outros endereços declarados, no mesmo bairro, que são: Rua do Oratório 1606, Cj 404 (prédio comercial) e rua Chá do Frade nº 114 (casa térrea).

Coincidentemente, o endereço da rua do Oratório é o mesmo declarado por outro patrocinador recente do Corinthians, a obscura “SmarTimão”, tratada como “operadora de telefonia”.

Ontem, o Blog do Paulinho, passando-se por comprador de ingressos, conversou com Marcio, por wathsapp, que, tranquilamente, forneceu os dados para comercialização.


Confira abaixo, o íntegra do bate-papo, realizado através de texto e áudio (disponível para o leitor):

(TEXTO)

Paulinho: Olá Bernardo… recebi seu panfleto pelo waths sobre ingressos para a Arena de Itaquera… como faço para comprar ?

Bernardo: Oi amigo, tudo bem ? Qual seu nome ?

Paulinho: Olá! Tudo bem… meu nome é Paulo… como faço para comprar os ingressos ?

Bernardo: Sim, Paulo. Preciso do seu nome completo e RG. Para sábado agora não tem mais. Preciso que me informe com quatro dias antes de cada jogo.

Paulinho: Seria mesmo para os próximos… imaginei que não poderia agora, pela proximidade… quantos posso comprar ? E como faço para pagar ?


(ÁUDIO)

Bernardo: Desculpa amigo… eu estava dirigindo aqui… não deu para responder… e teve uma ligação que entrou na hora em que nós estávamos falando… funciona da seguinte maneira… espera aí que eu vou te explicar direitinho…

Bernardo: Vamos lá, amigo… desculpa… correria… estou aqui na Paulista… funciona da seguinte maneira… você tem que me pedir com antecedência.. por exemplo: o próximo evento é sábado, e você me solicita na segunda-feira, que aí eu já reservo para você… eu tenho uma cota, como eu lhe expliquei… não sei se cheguei a explicar… que é uma quantidade de ingressos VIP.. é seis por jogo, VIPs, e dez camarotes… é uma empresa que eu represento… você iria como um convidado corporativo… VIP como eu lhe passei, R$ 250.. aliás, o Camarote é R$ 250 e o VIP R$ 200… A diferença de um para o outro é que um fica no Oeste Superior e o outro no Oeste Inferior, que é o VIP, tá ? Ambos dão direito à alimentação completa (comida e bebida).. e no Camarote você tem direito à bebida alcoolica, fornecida após o horário do jogo…. por conta da Lei Municipal, que não pode fornecer bebida alcoolica dentro do estádio… então, quando acaba o evento, tem um “happy-hour”, shows, de vários gêneros, e chopp à vontade… liberado… você só tem que me encaminhar o nome completo e RG, na segunda-feira, e eu faço a solicitação por email… e, a cada três, eu consigo disponibilizar um estacionamento, também VIP, dentro da Arena… é assim que funciona…

Bernardo: Detalhe… eu preciso também de um endereço de email teu para depois encaminhar os “vouchers”, que você vai receber no teu email, você vai imprimi-lo, e, com esse “voucher”, tu vai passar na catraca com esse “voucher”, entendeu ? A forma de pagamento, assim que eu lhe confirmar, você me passar os nomes, a gente faz uma transferência bancária, que eu te dou os dados… por exemplo: fez na segunda, até quinta ou sexta-feira, estourando, estou te liberando os “vouchers”… mas não precisa me fazer uma transferência bancária já na segunda… você me solicita na segunda, ai você pode me transferir na terça ou na quarta e, até estourando na quinta e sexta, que é o que eu fecho a listagem, eu vou te encaminhando os “vouchers”.


(TEXTO)

Paulinho: Show de bola ! É o camarote da Vila Mix que funcionou no jogo do Brasil ? Você pode dizer qual é a empresa ? Tenho interesse, mas pelo valor, pelo fato de estar lhe conhecendo agora, preciso passar as informações para o pessoal que vai comigo… você sabe, todo cuidado é pouco… espero que compreenda…


(ÁUDIO)

Bernardo: Oh! Meu amigo… claro ! Exatamente ! A mesma empresa que organizou o camarote do jogo Brasil e Paraguai, você esteve lá ? É a empresa que eu represento… eu só pediria ao amigo que também entendesse o meu lado, e divulgue aos seus conhecidos, mas evite falar no dia do evento lá, porque esses ingressos, são ingressos que eu não posso comercializar… são cotas que são disponibilizadas para a minha empresa, tá ? E até porque eu atrapalho o “Fiel Torcedor” lá… porque o custo de um ingresso desse é muito mais caro, se é que você me entende… mas, fica tranquilo, a empresa que é fornecedora da Arena, ela é parceira da Arena… como fornecedora e patrocinadora, tá ? é uma marca de café (Café Bom Dia, que a APOLLO colocou, recentemente, na camisa do Corinthians) que a gente tem parceria lá, com a Arena e o próprio Corinthians, como fornecedor.

Bernardo: Pode avisar os seus amigos para ficarem tranquilos… eu, inclusive, se você quiser, daqui há pouco eu te mando um vídeo do camarote, como ele é… é que eu estou na rua, neste exato momento… não sei se você até percebeu, pelo barulho… te mando vídeo, te mando uma foto de como é o “voucher”, que eu mandei para os clientes que vão amanhã (hoje) contra a Ponte Preta, para você dar uma olhadinha… e peço que você também preserve a informação e divulgue de uma forma mais informal, se é que você me entende, tá ? Até para não trazer problema pra gente… mas eu te mando todas as informações… daqui há pouco no teu email… “voucher” do estacionamento como é… o “voucher” do ingresso como é…. a pulseirinha que você vai receber lá dentro… o vídeo do evento… tudo bonitinho, para você demonstrar para os seus amigos… ai na segunda-feira você verifica se você vai querer… a quantidade que você vai querer, e você me posiciona… tá bom ?


(TEXTO, APÓS ENVIAR VÍDEO E CÓPIA DOS “VOUCHERS”)

Bernardo: Veja como exemplo

Paulinho: Legal ! Fico no aguardo de você me mandar o material… seria interessante para mostrar aos amigos… fique tranquilo com relação ao sigilo… entendo perfeitamente… sua empresa é a Apollo ? Ela que trouxe o “Café Bom dia”, e não me engano, ao Corinthians… o dono é amigo do Andres Sanches, acho, que manda no Villa Mix. Acabei de ver o “voucher”… é da OMNI ? Eles mandam no estádio…

Bernardo: Sim… viu o vídeo ai ? A partir de segunda você manda os nomes e RG com email para envio dos ‘vouchers”. Lhe passo os dados bancários para transferência. Esse vídeo é do camarote, pós jogo que lhe falei.

Paulinho: Muito legal ! O meu já quero… Paulo Cezar de Andrade Prado, Rg: 20.395.148-7, paulinhonet@terra.com.br

Bernardo: Fechado ! Camarote ?

Paulinho: Se der tudo certo, levarei os amigos… qual a conta ? Já transfiro agora.. Sim, camarote. Para não dar azar de não ter semana que vem

Bernardo: Fica tranquilo que já vou reservar para você e na segunda você me transfere

Paulinho: Legal ! Muito obrigado !

Bernardo: Veja se consegue levar mais duas pessoas com você… Aí disponibilizo o estacionamento para colocar o carro na Arena… mais conforto para você e convidados…

Paulinho: Combinado… só para deixá-los mais tranquilos… a empresa é a Apollo, né ? Ou a OMNI ?

Bernardo: Apollo, mas, por favor, evite falar

Paulinho: Legal ! Sendo conhecida acho que consigo levar mais dois… vamos ver… Entendi… direi então que conheço a empresa, mas não citarei o nome

Bernardo: Ok. Melhor… pode ficar tranquilo que gostará muito…

Paulinho: Maravilha…

ÁUDIO DE MÁRCIO BERNARDO, INTERMEDIÁRIO DA APOLLO, EM CONVERSA COM O BLOG DO PAULINHO

“VOUCHER” GARANTINDO ENTRADA EM CAMAROTE PARA A PARTIDA DE HOJE, ENTRE CORINTHIANS E PONTE PRETA

Comprador: Lucas Vitorino Soares

Camarote Corporativo Arena Corinthians

Ingresso nº 376002865

Nº 646, Portão B; Assento I-92

Preço marcado: R$ 20

Com logotipo da OMNI e indicação da partida entre Corinthians e Ponte Preta

“VOUCHER” DE ESTACIONAMENTO ENVIADO PELO INTERMEDIÁRIO DA APOLLO

VÍDEO DO CAMAROTE, EM QUE APARECEM O REPRESENTANTE DA APOLLO, MARCIO BERNARDO E ALGUMAS FIGURAS CONHECIDAS DA TORCIDA ALVINEGRA

APOLLO NA JUCESP COM CAPITAL SOCIAL DE R$ 1 mil

Anúncios

3 Respostas to “Patrocinadora do Corinthians tem esquema de comercialização de ingressos VIPs e camarotes na Arena de Itaquera”

  1. Corinthians, ingressos e as “vadias” da diretoria | Blog do Paulinho Says:

    […] https://blogdopaulinho.com.br/2017/07/08/patrocinadora-do-corinthians-tem-esquema-de-comercializacao… […]

  2. Nelson Grunspan Says:

    Tenho o fiel torcedor plano meu amor que além de outros setores da direito a compra no oeste inferior. Ano passado inteiro abriam as opções nesse setor de compra de acesso no portão A atras do banco de reservas do time visitante e portão D atras do banco de reservas do Corinthians. Esse ano a única opção disponível é do portão A. Do portão D nem existe opção mesmo tentando no horário de início das vendas e aquele setor sempre está cheio. Questionei o fiel torcedor que respondeu que quem define os setores para vendas é o Corinthians. Questionei a ouvidoria do Corinthians e tive uma resposta evaziva do Cesar Sbrighi
    Gerente de Marketing. Vou ao PROCON pois não estão cumprindo o que foi vendido.

  3. Corinthians, OMNI, o “prostíbulo” e seus defensores | Blog do Paulinho Says:

    […] https://blogdopaulinho.com.br/2017/07/08/patrocinadora-do-corinthians-tem-esquema-de-comercializacao… […]

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: