O Internacional só aceita treinador complicado ?

Apos demitir o desfrutável Antonio Carlos Zago, mais conhecido nos bastidores da bola pela proximidade com empresários de jogadores do que por notório saber futebolístico, o Internacional está correndo atrás doutro “profissional” de perfil semelhante.

Guto Ferreira, se contratado, trabalhará com os mesmos objetivos daqueles que hoje infelicitam a direção do Colorado.

De Campeão Mundial a balcão de negócios, o clube, amado por seus fanáticos torcedores, é encarado por seus algozes – que passaram, anos a fio, enganando como “grandes gestores” – como meio de sobrevivência.

Nos bastidores, Ferreira, que foi o treinador que ajudou a rebaixar a Portuguesa no indecifrável “Caso Heverton”, é tido como “topa tudo”, o que, por razões óbvias, não se trata de elogio.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

One Reply to “O Internacional só aceita treinador complicado ?”

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.