O nível da “diretoria” do Santos

santos-diretoria

Se Modesto Roma Junior já não é reconhecido nos bastidores do Santos por se tratar de um “coroinha”, ainda mais tendo como “braço direito” um empresário de jogadores, Luis Taveira – situação absolutamente inapropriada, moralmente – e as cordas que regem seus pensamentos nas mãos de Marcelo Teixeira, que dispensa apresentações, suas recentes aproximações políticas tem premiado o que há de pior nos bastidores do Peixe.

Existe um sujeito, de nome Marcio Rosas, que em recente postagem em mídia social, escreveu:

“(…) nessa merda (Santos) mandamos nós, até o final do ano. E quem sabe mais uns seis anos”

Além do nível rasteiro do tratamento com um clube da importância do Santos, evidencia-se a arrogância em meio a suspeitas ainda mais graves de compadrio, que explica as razões de quem antes era contrário ao atual grupo gestor, mas agora até camarote da presidência frequenta, com direito à exposição pública de má-educação e modos reprováveis de etiqueta.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.