Em Camaçari/BA, Andres Sanches (PT) insinua que o Governo deveria chantagear a Rede Globo

Andres Sanches em Camaçari

“(…) o que pode fazer o Governo é tirar a concessão da Rede Globo… ou você (inaudível) assim ou me dá a concessão de volta…”

O ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, deputado federal pelo PT, esteve, no último sábado, na cidade de Camaçari/BA, em palestra de apoio à candidatura de seu parente, Tadeo Sanchez Oller, ao cargo de vereador local.

Ambos possuem relações com a Sol Embalagens (com sede na cidade), uma das empresas investigadas pelo STF por supostamente servir de “fachada” para crimes financeiros que podem ter sido cometidos, em família, pelos citados.

Oller, nos anos 70, foi preso sob acusação de narcotráfico.

Leitor do blog, presente ao evento, enviou-nos parte do discurso de Andres Sanches, do qual destacamos três assuntos: impeachment de Dilma Rousseff, Bom Senso FC e Rede Globo.

Após falar mal de Lula e Dilma na palestra, o deputado voltou a afastar o discurso de golpe, utilizado em defesa de seu partido, sobre o impedimento da presidente:

“eu não chamo nem de golpe porque eu acho isso meio desgastante de dizer… é um problema político…”

Como de costume, Sanches aproveitou para detonar o Bom Senso FC:

“O Bom Senso é uma meia dúzia de jogadores milionários, em fim de carreira, que acharam que poderiam mudar o futebol brasileiro por meio deles…”

Por fim, o ex-presidente do Corinthians, ao ser questionado sobre notícias contra o PT, insinuou que o Governo deveria utilizar de “chantagem” contra a Rede Globo, ameaçando tomar-lhe a concessão:

“(…) o que pode fazer o Governo é tirar a concessão da Rede Globo… ou você (inaudível) assim ou me dá a concessão de volta…”

Disse ainda que são os clube que definem os horários das partidas de futebol no Brasil, porém, se assim o fizerem, serão punidos pela emissora.

CONFIRA ABAIXO VÍDEO E TRANSCRIÇÃO

“sobre o golpe no Governo… eu não chamo nem de golpe porque eu acho isso meio desgastante de dizer… é um problema político…”

“O Bom Senso é uma meia dúzia de jogadores milionários, em fim de carreira, que acharam que poderiam mudar o futebol brasileiro por meio deles…”

“(emissoras de tv) são todas empresas privadas que fazem o que querem… o que pode fazer o Governo é tirar a concessão da Rede Globo… ou você (inaudível) assim ou me dá a concessão de volta…”

“(horário dos jogos) quem determina não é a Rede Globo, quem aceita é os clube (sic)… os clubes tem o direito de dizer: “Não quero jogar esse horário”… e se não faz ? A Globo pune… ela paga, ela escolhe o melhor horário para ela”

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.