Advertisements

CBF age em desconformidade com procedimentos de transferência da FIFA para ajudar Corinthians

coronel nunes

Desde a semana passada estamos divulgando que, apesar de anunciados como reforços da equipes chinesa do Beijing Guoan, os jogadores Renato Augusto e Ralf, ex-Corinthians, ainda não constam do TMS da FIFA, documento de transferência oficial da entidade, que é atualizado em tempo real.

Neste período, sequer haviam sido liberados pelo BID da CBF.

Com a exposição de documentos, revelados neste espaço, o Corinthians apressou-se, nos últimos dias, para acalmar seus torcedores, dizendo ter recebido parte do montante devido pelos chineses.

Trata-se, porém, de meia verdade.

O clube recebeu, apenas, os R$ 4 milhões referentes ao atleta Ralf, por sinal, bem estranhos (não havia mais contrato entre ele e o Corinthians), que, comodamente, sequer ingressaram no Parque São Jorge, destinados que foram ao bolso do empresário Fernando Garcia (um dos representantes do jogador), em pagamento de empréstimo nunca comprovado.

Garcia é sócio do deputado federal Andres Sanches (em negociação de atletas) e irmão do dono da Kalunga, Paulo Garcia, financiador principal da campanha do referido parlamentar, que teve as contas reprovadas pelo TRE-SP.

Em auxílio ao clube, e a pedido deste, a CBF registrou a liberação, no último dia 23, de ambos os atletas,, em flagrante irregularidade de procedimento.

O funcionamento do protocolo de transferência da FIFA segue o seguinte rito: o clube comprador tem que inserir no TMS da entidade todos os dados da aquisição (inclusive valores pagos e para quem pagou), para, somente após verificação no sistema, haver a solicitação de liberação do vínculo do atleta à respectiva Confederação Nacional.

A CBF, a despeito disso, sem pedido algum, registrou o vínculo dos atletas como definitivo com o Beijing Guoan.

Em exemplo, seria o mesmo que o Íbis de Pernambuco comunicasse a CBF de que um de seus craques foi contratado pelo Barcelona, e, sem comprovação formal, este fosse registrado, sem anuência da FIFA e do clube catalão.

É pouco provável que o negócio desande, mas a maneira como está sendo conduzido, com irregularidades de procedimentos básicos, gera suspeitas, e podem, em caso de desistência dos chineses, complicar os envolvidos em investigação interna da entidade máxima do futebol.

BID DA CBF DOS ATLETAS RENATO AUGUSTO E RALF COM A RECENTE ALTERAÇÃO

bid 2

bid 1

TMS DOS JOGADORES NA FIFA, SEM ALTERAÇÕES

renato augusto - tmsralf 1

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: