A estranha indefinição de Edmundo

edmundo

Há de se ter sempre muito cuidado para não misturar a figura do ídolo com a de dirigente de futebol.

Diversos são os exemplos negativos.

Na última semana, o ex-jogador Edmundo, agora comentarista da BAND – convenhamos, um ambiente complicado – resolveu ingressar, aparentemente com objetivos futuros, na política vascaína.

Estranho, porém, é o discurso adotado publicamente, de indefinição.

Até porque os nomes citados para concorrer ao pleito tem hábitos absolutamente distintos, além de amplamente conhecidos pela comunidade vascaína.

Fica a impressão, ruim, de barganha pelo apoio, por interesses outros, que nem sempre seriam os melhores para o clube.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.