Advertisements
Anúncios

Mario Gobbi no limite: presidente do Corinthians vai às lágrimas em reunião do CORI

gobbi

Poucas vezes se viu, numa reunião de conselheiros do Corinthians, um presidente tão cabisbaixo, devastado, sem forças, como o delegado Mario Gobbi, segunda-feira passada, no CORI.

Nem Dualib, no auge dos problemas, demonstrou tanta fraqueza.

Gobbi chorou e disse estar sendo traído.

Deixou absolutamente clara a referência ao ex-presidente Andres Sanches e seu grupo, antes aliado, agora desafeto, a quem acusou, também de maneira subliminar, de orquestrar a invasão de “organizados” no CT do clube.

“Vou sair daqui como um presidente digno, saberei me comportar como ex-presidente”, desabafou, ainda no ataque.

Na verdade, não vai.

Ou alguém acredita que sua passagem no departamento de futebol, com Sanches de presidente, e agora no comando máximo do clube, agiu com inocência enquanto o balcão de negócios capitaneado pelo treinador Mano Menezes – seu protegido – rolava solto, período em que o clube contratou mais de 100 jogadores, e que, agora, com menos dinheiro, parece se repetir, em menor proporção, mas com a mesma nebulosidade ?

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: