Advertisements

O melancólico final de Havelange

Elogiado pela mídia do “oba-oba”, que o trata como “doutor”, assim como fazia com o semianalfabeto Ricardo Teixeira, seu genro, João Havelange renunciou, há dez dias, de seu cargo de Presidente de Honra da FIFA.

Exatamente pela falta de honra, flagrado que foi em recebimento de propina para diversos assuntos da entidade, sempre acompanhado de sua “criatura”, o ex-presidente da CBF que fugiu para Miami.

Mesmo motivo que o levou a renunciar, recentemente, de sua cadeira no COI.

Um final melancólico, porém merecido, para quem já foi tratado um dia como dos homens mais poderosos do mundo.

Advertisements

Facebook Comments

17 Responses to “O melancólico final de Havelange”

  1. dododabahiagod1pressmeej Says:

    homens e Homens!!!

  2. Vando Says:

    Final melancólico?!?!?!?Acho que ele não esta preocupado com isso!!

  3. Claudio Says:

    Ricardo Teixeira e João Avelange: dois fujões!!!

  4. Hamilton Says:

    Paulinho, verifique a noticia que a aeg estaria envolvida na morte do Michael Jackson.

  5. Grisalho Says:

    Como disse Nelson Rodrigues, canalhas também envelhecem…

  6. Bizouro Kissuco Says:

    Final merecedor para aqueles que cometem crimes, nao sao punidos!! Renunciando ele nao sera investigado pela fifa..Nicolas Leoz fez o mesmo e recebera aposentadoria ate os 100 anos.

  7. Lampião Says:

    Essa múmia não morre?
    Quantos anos esse dinossauro tem?

  8. Augusto Mello Says:

    Olha, se fizerem uma varredura em tudo quanto é campeonato, não vai sobrar pedra sobre pedra. Pra mim, não existe nada de lícito no mundo do futebol. Sinto que a rataiada está saindo pelo ladrão, ninguém vai preso e o futebol continua impenetrável pela justiça. Denúncias são feitas e nada de resultado concreto nas investigações. É time que faz contrato com banco público, recebe dinheiro público pra construir estádio, escândalos de arbitragens em vários campeonatos e suspeita de armação em vários jogos. O submundo do futebol é isso tudo, mas o torcedor não quer saber disso. É a cultura do brasileiro. Ver o que não presta e simplesmente deixar pra lá. O que importa, é a cervejinha, futebol e carnaval.

  9. Onyas Says:

    Marlon Brando se inspirou nele para fazer “O Poderoso Chefão”.

  10. Alex Franco Says:

    Seria esse senhor o novo Tutankamon ???

  11. Osvaldo SEP Says:

    Um caso de gente perturbada e invejosa
    ================================

    Hamilton Disse:
    abril 30, 2013 às 9:32 am

    Paulinho, verifique a noticia que a aeg estaria envolvida na morte do Michael Jackson.

  12. elias jorge Says:

    Mídia oba-oba significa Globo e Bandeirantes. Para muita gente, infelizmente, só existe o que sai na Globo.
    Tem gente que até acredita em favelas cariocas pacificadas…

  13. luiz Says:

    Pô Paulinho, não citará nada da ISL, o principal escândalo que resultou nessa renúncia, a compradora do campeontado ISL/Traffic/Band de clubes de 2000, disputado plenas férias européias e que não teve outro……mas alguns chamam de mundial “da entidade máxima do futebol”, quem mais poderia ter ganho?

  14. Hamilton Says:

    Não caso de ASSASSINATO DA MAIOR ESTRELA POP DE TODOS OS TEMPOS!

    O julgamento já começou e as cifras são astronômicas.

    http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2013/04/29/comeca-julgamento-civil-por-morte-de-michael-jackson-empresa-aeg-live-e-re.htm

  15. Wilson Says:

    Que o inferno lhe seja eterno……

  16. Trator Alvinegro Says:

    Meu, você está de brincadeira! O cidadão está com mais de 90 anos. Até parece que ele está preocupado com a repercussão desses fatos. João Havelange já dessfrutou abundantemente das benesses advindas da administração da FIFA e das maracutaias praticadas. Aos 90 anos, tudo que vier é lucro.

  17. Adauto Says:

    Paulinho, mas todos sabem que o Havelange é um safado, desde os tempos da em era presidente da CBD.

    Leia este trecho da revista Veja de 11/12/1968, ed. 14, quando foi articulada a queda de Aymoré Moreira e o afastamento de Paulo Machado de Carvalho à frente da seleção no Palácio do Planalto e a entrada de João Saldanha, Zagalo era o preferido, mas não tinha curso de Educação Física, exigido por Lei para ser técnico de futebol à época.
    Dois dias após, em 13/12/1968, o Congresso Nacional seria fechado e se instituiria o AI-5.:

    “O Presidente Costa e Silva quer o tricampeonato”
    O Deputado Israel Dias Novais (Arena, SP) criticou o Presidente Costa e Silva: “Quando todos o julgavam atormentado por questões como a do confisco cambial do café industrializado ou das agruras da Comissão de Justiça, sua Excelência recebe dirigentes de futebol indígena e lhes propõe curiosas teses sobre essa prática esportiva de glorioso passado”. Na terça-feira última, o Marechal Costa e Silva havia recebido o presidente da Confederação Brasileira de Desportos, João Havelange; o presidente da Comissão da Seleção Nacional, Paulo Machado de Carvalho, e mais pessoas ligadas ao futebol para tratar da loteria esportiva. Apesar de João Havelange ter sido até aquele dia apontado como inidôneo pela Presidência da República, conforme se lê no “Diário Oficial” da União de 7 de novembro. Havelange aparece numa lista de pessoas que mandaram irregularmente dinheiro para o exterior através da Investors Overseas Service – IOS empresa suíça que não pode mais operar no Brasil. A Presidência mandava os Bancos oficiais e Caixas Econômicas tomarem cuidado com Havelange e outras 888 pessoas inidôneas e dizia que o endereço de Havelange é ignorado. Mas, na terça-feira, dia do encontro com Costa, o Ministro Delfim Netto, da Fazenda, mandou tirar o nome de Havelange da lista “por ter cumprido rigorosamente o que determina a portaria GB/306”.”

    Já era público e de conhecimento do governo que Havelange era corrupto, desde 1968, pelo menos…

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: