Advertisements
Anúncios

DNA: primo de Andres Sanchez, dono da SOL e ex-tesoureiro do PT, foi preso por Tráfico de Drogas nos anos 70

tadeo sanchez oller lula

Tadeo Sanchez Oller é o nome que consta no resgistro da SOL Embalagens, que, por muitos anos, seu primo, tratado como irmão, Andres Sanches, ex-presidente do Corinthians, dizia ser de sua propriedade.

Era, da família, o verdadeiro chegado ao então metalúrgico Lula, diferentemente do primo, que somente chamou a atenção do então presidente do Brasil quando poderia lhe proporcionar benesses, enquanto mandatário do Timão.

Nos anos 70, Oller teve uma vida atribulada, porém, nada ligada ao trabalho, como costuma bradar a prole dos Sanches.

Foi preso diversas vezes por vadiagem (na época dava cadeia), até, finalmente, cair no sistema carcerário acusado de crimes mais graves, entre eles falsidade ideológica e tráfico de drogas, mais precisamente, maconha.

Sanchez Oller saiu da cadeia um mês depois.

Há quem diga que tenha fugido, tanto que logo depois foi encontrado na Espanha, local em que permaneceu por alguns anos, até a prescrição da punibilidade, sendo visitado, vez por outra, pelo primo, Andres Sanches.

Não há registro de alvará de soltura, o que torna ainda mais estranha a situação, porém consta a passagem pelos crimes, razão pela qual encontra problemas para, por exemplo, conseguir a naturalidade brasileira.

Daí por diante, com esse promissor currículo, foi um pulo para ingressar, extra-oficialmente, no PT, cuidando das finanças do partido, aproximando-se de Lula e toda sua camarilha.

CONFIRA ABAIXO FOTO DE TADEO SANCHEZ OLLER, PRIMO DE ANDRES SANCHES, FICHADO POR TRÁFICO DE DROGAS, ENTRE OUTROS CRIMES.

Tadeo preso falsidade vadiagem

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: