Justiça acolhe recurso do Santos. Google e Net terão que expor usuários que criticaram LAOR

Numa decisão absolutamente lamentável da Justiça brasileira, a 3ª Câmara do TJSP acolheu pedido do Santos, negado em 1ª instancia, para que as empresas NET e Google sejam obrigadas a enviar ao clube os dados de usuários de internet que fizeram críticas a gestão LAOR nos últimos meses.

Números de IP, incluindo telefone de origem de conexão e seus dados cadastrais estão incluídos no pacote.

O relator desembargador Jesus Lofrano disse ainda em sua decisão: “Fixo o prazo de dez dias para o cumprimento da decisão e multa diária no valor de R$ 1.000,00 para a hipótese de descumprimento.”

Nosso país, que viveu uma ditadura escancarada durante as décadas de 60, 70 e 80, caminha a passos largos para a pior das repressões, aquela que é referendada pelo que se trata como democracia.

Triste episódio não apenas do judiciário, mas também de um dirigente que adapta o discurso a cada interlocutor, se diz “democrata”, mas demonstra, sorrateiramente, hábitos dignos dos piores regimes totalitaristas.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.