Corinthians: o “tijolo” de Rosenberg

Não satisfeito com os recursos provenientes das camisetas utilizando-se da marca “Corinthians”, fabricadas pela sua Poá Têxtil, o vice-presidente, Luis Paulo Rosenberg, tem encontrado alternativas cada vez mais criativas de abastecimento financeiro.

Há agora a comercialização de um tal  “Tijolo do Timão”, material supostamente retirado do alicerce da construção do “Fielzão”.

Pura picaretagem.

Semelhante ao que ocorre na IURD, em que óleos de cozinha são comercializados como se fossem oriundos de “Jerusalém”.

A empresa que realiza a venda credenciou o “produto”, com autorização do Marketing alvinegro, como licenciado oficial do Corinthians.

Vendas essas efetuadas no site http://tijolodotimao.com.br, e nas Lojas Poderoso Timão, já com ingerência de Rosenberg.

Uma rápida busca demonstra como as coisas realmente funcionam.

Por exemplo, a empresa credenciada, com nome no site de “RO Materiais de Construção”, simplesmente inexiste na Junta Comercial, tendo apenas uma homônima, na cidade de Ribeirão Preto, que não tem negócio algum com o clube.

Pesquisando, então, no site de registros de domínios na internet, percebemos que o domínio “tijolodotimao.com.br” está em nome de RENAN FONSECA JUNIOR, 25 anos, residente na cidade de Osasco, com extensa lista nos cadastros do SPC e SERASA.

Tudo indica, um “Laranja”.

Noutra pesquisa, relativa ao telefone informado no site, (11) 3691-9354, descobrimos estar em nome de Paula Roberta de Oliveira, também com 25 anos e residente em Osasco.

Ela também está inclusa como uma das usuárias cadastradas a operar o domínio de internet do “negócio”, porém com e-mail no nome de Renan, renan_usual@hotmail.com .

Tem também problemas com o nome, situação esta que inviabilizaria, pelas vias normais, uma aprovação cadastral no Parque São Jorge.

Ambos os sites, o do “Tijolo do Timão” e o da suposta empresa, http://romateriaisdeconstrucao.com.br/index.html, precários, demonstram bem que os habilitados a negociar produto supostamente histórico para o torcedor alvinegro não possuem condições para tal.

Bem, comprovado que os tais “tijolos” nada tem a ver com o “Fielzão” quem sabe, no futuro, possam ser utilizados no mais novo devaneio de Rosenberg, que pretende construir um cemitério apenas para corinthianos.

Verdadeira piada pronta de quem precisa sempre de uma novidade para se manter em evidência.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.