Advertisements

Muricy está muito à frente da concorrência

É louvável e muito inteligente a intenção do treinador Muricy Ramalho, do Santos, de eliminar a concentração das equipes que dirige.

Demonstração que aprendeu, e muito, com a derrota sofrida contra o Barcelona, não apenas na maneira de armar a equipe, que agora retém mais a posse de bola, mas também na preparação, já que o sistema de prender jogadores inexiste no clube catalão há algum tempo.

Concentrar não faz ninguém jogar melhor, pelo contrário, acaba por enervar um cidadão que claramente está num local contrariado.

Muricy, aos poucos, tem implantado o sistema.

Reduziu de dois para um dia o período no hotel e já fala em tornar facultativa a presença, ou seja, quem quiser, concentra, senão, apresenta-se no dia da partida.

É o caminho para algo que os visionários atletas da maravilhosa “Democracia Corinthiana” se atentaram, 30 anos atrás.

Liberdade necessária, punindo-se, é claro, a libertinagem.

Sim, porque sempre existem os que se aproveitam do sistema para levar vantagem, mas, aos poucos, sendo diagnosticados, serão expurgados naturalmente do convívio com as equipes.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: