Advertisements

Seleção bem no Recife

Por JUCA KFOURI

http://blogdojuca.blog.uol.com.br/

A Seleção Brasileira fazia sua melhor partida em casa nestas Eliminatórias.

E sob o incomum aplauso da torcida pernambucana.

Verdade que ainda há quem ache, mesmo que até a audiência da TV desminta, que o país mantenha a velha paixão pelo time.

Ufanismo tolo, simplesmente.

Aí, aos 25, num lance de sorte do Paraguai, Cabañas, sempre ele, bateu falta, Elano desviou a bola que Júlio César defenderia sem dificuldade e estava 1 a 0.

Não era o que o jogo mostrava, mas era o resultado do jogo.

Que se complicou para a Seleção.

Felipe Melo e Kléber, que até então jogavam muito bem, caíram de produção e Gilberto Silva não se achava em campo.

A bola não chegava em Nilmar e Kaká, agora num ótimo gramado, não acontecia.

O azar paraguaio estava nos pés de Daniel Alves, outra vez muito bem, que cruzou, aos 40, na medida para Robinho empatar.

Menos mal e mais de acordo com a partida.

Aos 4 do segundo tempo, ficou melhor.

Felipe Melo enfiou uma bola preciosa para Nilmar, ele tentou dar de peito para Robinho, a bola bateu num paraguaio, voltou para Nilmar que tocou para decretar a virada: 2 a 1.

Robinho, em dúvida sobre sua posição, evitou dar o último toque para dentro do gol.

Pela primeira vez a Seleção ganhava as duas partidas num mesmo mês nas Eliminatórias 2010, embora fosse a terceira vitória seguida.

Aos 12, Kaká foi Kaká numa arrancada fulminante, deu para Robinho que chutou a gol em vez de devolver.

E Elano, que não esteve nada bem, saiu para entrar Ramires.

Felipe Melo, ao contrário, voltava a ditar o ritmo.

Aos 26, outra vez Kaká.

Pegou a bola na defesa brasileira e arrancou em direção ao gol paraguaio como uma flecha, só sendo parado, quase na área paraguai, com falta, digna de expulsão, coisa que o árbitro não fez.

Aos 29, Dunga pôs Pato no lugar de Nilmar, quando melhor teria sido tirar Robinho.

Mas vá lá.

Chovia a bem chover no Mundão do Arruda lotado por 56 mil torcedores.

Aos 35, em lançamento de Kaká, Robinho perdeu gol feito, porque o Paraguai buscava o empate e dava espaço para o contra-ataque.

E Klebérson entrou no lugar de Robinho aos 40.

O Paraguai, completo, dava trabalho e jogava muito mais do que na derrota que sofreu, em casa, para o novo vice-líder Chile, de Loco Bielsa.

E a Argentina, que perdeu para o Equador, em Quito, será a próxima adversária, em setembro, em Buenos Aires.

Facebook Comments
Advertisements

7 comentários sobre “Seleção bem no Recife

  1. Tassio

    paulinho quando vc nao quer escrever nada por preguisa vc coloca sempre o texto do juca ne ??
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. geraldo lina

    NA BOA. NAO DOU A MINIMA PRA SELECAO.
    A CBF EH RICA, O SAO PAULO FC EH POBRE.
    A CBF VAI CONSTRUIR UMA SEDE NOVA NO RIO DE JANEIRO, E O SAO PAULO FC TEM QUE SAMBAR PRA REFORMAR SEU ESTADIO.
    O SAO PAULO FC CONTRATA ZAGUEIRO, A CBF CONVOCA PRA DEIXAR NO BANCO.

    E MAIS,
    JOGADORES QUE SE ACHAM DEUSES E MALTRATAM TORCEDOR QUE PEDE AUTOGRAFOS,
    SEGURANCA DA CBF E PM QUE COM TRUCULENCIA MALTRATARAM TORCEDORES PERNAMBUCANOS NO HOTEL EM QUE A TAL SELECAO ESTAVA HOSPEDADA.

    QUERO VER O SAO PAULO FC GANHAR TUDO, E A SELECAO, NAO SOU CAPAZ DE TORCER CONTRA, MAS IGNORO SIMPLESMENTE.

    ***(*) ******(*)

  3. Bruno Garcia

    esse povo é muito idiota, como alguem pode ir em aeroporto recepcionar esses caras? aff povo troxa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: