Advertisements

Um país sem valores

Da FOLHA DE SÃO PAULO

Por JUCA KFOURI

——————————————————————————–

Não, talentos não nos faltam, basta ver o Kaká, o Cielo, a Maurren, a Fofão, o Giba. Só faltam valores

——————————————————————————–

A MELHOR imagem do Brasil em 2008 é a pior imagem do Brasil em 2008: a imagem do roubo de mantimentos enviados para socorrer os flagelados de Santa Catarina.

Até então, quem sabe, a melhor imagem era a de César Cielo emocionado no lugar mais alto do pódio em Pequim. Ou a de Maurren Maggi, na mesma altura. A das meninas do vôlei também era forte candidata, por tudo o que significava de virada, assim como a da saltadora. Mas não.

Nada mais revelador da alma brasileira do que aquele pessoal surrupiando o fruto da generosidade de alguns em proveito próprio. E, não tenha dúvida, na complexidade da alma brasileira, alguns dos larápios seriam também capazes de fazer doações para serem apropriadas por outros semelhantes. Ora, afinal, pensou um deles, “este tênis aqui é bacana demais para dar para um desabrigado que está precisando mesmo é de uma galocha”.

Já o outro achou que “esta camisa é muito elegante para quem não tem nem onde morar e dá pena pensar em vê-la toda amarfanhada. Nem vai durar…”. Mais ou menos como achar legal ganhar um jogo com gol de mão, em impedimento e no último minuto.

Ou não se importar que as pessoas se perpetuem no poder, ainda mais se fizerem algo de bom, mesmo que roubem. Porque fazem, né não? Pois não é que neste país se assiste num ano ao escândalo do Pan-2007 e se aplaude a candidatura olímpica na temporada seguinte? Até se bajula a filha do cartola que virou cartolinha para fazer a Copa do Mundo com o nosso dinheiro!

Talvez por isso a melhor frase do esporte nacional em 2008 tenha ficado praticamente inédita até hoje, dita, em Pequim mesmo, pelo jornalista Roberto Salim, da ESPN Brasil, ao ministro do Esporte, Orlando Silva Jr.: “Você envergonha a sua raça, o seu partido, o esporte brasileiro e todos os que acreditaram em você”.

Porque também são raros os brasileiros capazes de externar sua indignação com tamanha clareza. A regra é ficar inconformado com o que houve em Santa Catarina, mas fechar os olhos quando em troca de um privilégio, seja de que ordem for, algo que os meios de comunicação também fazem.

Tanto que, por exemplo, Dunga apanha mais por suas qualidades do que por seus defeitos, embora tenha trocado algumas delas para sobreviver na função. E que ninguém imagine que aqui esteja sendo feita a apologia do brasileiro perfeito, ou do homem perfeito, porque certas ilusões, nestas alturas, não cabem mais.

Apenas se constata que de nada adiantam surtos de indignação quando a prática diária é a de empulhação. A de levar vantagem. A de mentir. De se juntar com quem não presta para se dar bem, porque o mundo é assim mesmo. A de querer o cara no time, não para casar com a filha. Só que esses caras são tão envolventes em sua falta de compromissos morais que terminam se casando com as filhas dos espertos e acabam por fazer um país. Um país de Macunaímas.

Facebook Comments
Advertisements

6 comentários sobre “Um país sem valores

  1. sergio roberto

    la vem com esse papinho tolo de país de Macunaima. Uma óva!!!
    O Brasil ta melhorando a cada ano que passa e os homens irão evoluir tbm

  2. Luís Carlos

    A única coisa no texto que merece atenção é o autor referir-se desreipeitosamente à Fabiana Murer como “a saltadora”. De resto, é mais do mesmo.

  3. geraldo c araujo

    Os dois comentários que antecedem estas linhas expressam bem o caráter dominante da chamada alma brasileira: feio não é vencer de qualquer jeito; feio é perder. Não é ultrajante apropriar-se daquilo dos que nada ou quase nada têm; babaquice é perder uma “oportunidade” de se dar bem. Por esses e por outros exemplos degradantes é que não me surpreendem mais os altíssimos índices de popularidade de gente que, para dizer o mínimo, se omite, ou, para ir às últimas conseqüências, estimula, participa ou protagoniza esses rotineiros escândalos que cobririam de nojo qualquer país sério, mas que por aqui são motivo de gáudio e celebração por uma população que já perdeu um mínimo de compromisso com a honestidade.

  4. geraldo lina

    E NAO EH ESSA ALMA BRASILEIRA, A CULTURA DA TAO ENRAIZADA LEI DE GERSON, QUE FEZ O MERETRICIO LANCAR GAS NO VESTIARIO DO SAO PAULO FC NO ULTRAGAZ CUP ???

    CONSIDERANDO QUE O TECNICO CPI, AQUELE QUE NAO SABE A RAZAO DA BAGATELA DE R$ 10.000.000,00 TER SIDO DEPOSITADA EM SUA CONTA CORRENTE, OU NAO DEIXOU CLARA A RAZAO PORQUE TROCOU SUA IDENTIDADE TROCANDO O V PELO W E O I PELO Y, BEM COMO A SUA DATA DE NASCIMENTO, DEVERIAMOS SUPOR QUE ESSE CIDADAO (?) EH A RAZAO DE TAL COMPORTAMENTO ANTI-ESPORTIVO ?

    NAO NA QUESTAO RACIAL ( PORQUE EM 2008 NAO EH MAIS HORA DE DEBATER DIFERENCAS MAS SOLUCOES COMUNS PARA A RACA HUMANA ), MAS NO DNA DA ALMA, OS QUE TOMARAM PRA SI DOACOES PROS NOSSOS IRMAOS DE SANTA CATARINA SAO DA MESMA FAMILIA DE:

    JOSE DIRCEU, BUSH, RICARDO TEIXEIRA, LUXEMBURGO, ANDRES SANCHES, CONTURSI, EURICO MIRANDA, JOSE MESQUITA PIMENTA ( PRA NAO SER UFANISTA SE EH QUE EU CONSIGO ), DEL NERO, MALUF, PITTA, COLLOR, LULA, QUERCIA, FLEURY, CESAR MAIA, E OUTROS.

    EM UMA ENTREVISTA, O MAIOR GOLEIRO DE TODOS OS TEMPOS DISSE:
    “EU NAO ACREDITO QUE UM DIA ESSE PAIS IRAH MUDAR”.
    ESSA FRASE DO ROGERIO, DEMOROU PRA SER DIGERIDA.
    DISCORDEI, EM UM PRIMEIRO MOMENTO, DE UM DOS MAIORES IDOLOS DO SAO PAULO FC.

    MAS ACHO QUE AGORA DAH PRA ENTENDER O QUE O LEVOU A SE POSICIONAR ASSIM.

    ***(*) ******(*)

  5. Carlos Almeida

    Gostaria que você Paulinho fizesse um comentário a respeito da negativa que o Ricardo Teixeira deu para o Lula, que queria porque queria, que a Petrobrás patrocinasse a seleção brasileira, por achar que tinha tudo a ver. O RT entendeu, que não deve aceitar dinheiro do govêrno e encerrou o assunto. Primeiro de louvar a atitude do RT para não dar chance aos apressados de plantão do govêrno de soltar verbas e mais verbas, como fazem com o COB, por exemplo. Segundo de se louvar a esperteza, ainda maior do RT, que sabe que se aceitar dinheiro público vai chamar para cima da CBF todos os seus inimigos e com um argumento fortíssimo, que poderia lhe trazer grandes aborrecimentos futuros.

  6. LUIZ

    PAULINHO, POXA, QUANTO ÓDIO GRATUITO (?) DO KFOURI EM RELAÇÃO AO MINISTRO, E PIOR, ELE USA UMA FRASE DE UM OUTRO JORNALISTA PARA ATACAR. É UM EXAGERO, SEM DÚVIDAS, CHAMAR O MINISTRO DE UM SUJEITO QUE ENVERGONHA SUA RAÇA. JÁ É DEMAIS.
    APROVEITE SUA AMIZADE COM O KFOURI E PERGUNTE SOBRE A RELAÇÃO DELE COM O PELÉ, QUANDO O MESMO MINISTRO, SOBRE A LEI PELÉ E ELE QUE ERA TÃO AMIGO DO REI, ATÉ ERA INTITULADO COMO PORTA-VOZ DE TANTO PUXA-SAQUISMO, PORQUE HOJE NÃO FALA MAIS DELE?????
    SOU ABSOLUTAMENTE CONTRA A CORRUPÇÃO, EM TODOS OS ASPECTOS, MAS FICO INDIGNADO COM ACUSAÇÕES SEM PROVAS, MANIPULANDO A OPINIÃO PÚBLICA. ACUSE-SE, PROVE-SE E CONDENE-SE OS CORRUPTOS, MAS USAR A IMPRENSA PARA ATACAR DESAFETOS PESSOAIS OU OU ECONOMICOS É COVARDIA!!!!!! UM ABRAÇO.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: