Advertisements

A difícil situação do Botafogo

 

A situação do Botafogo não é facil.

Ninguém quer se candidatar a presidência do clube.

Sabem que o barco é daqueles difíceis de controlar.

O clube não tem mais dinheiro para receber em 2009.

Situação semelhante a do Corinthians.

Bebeto de Freitas conseguiu muitos avanços em sua gestão.

Não tenho duvidas de sua honestidade.

Mas ouvi um comentário de Renato Mauricio Prado, no CBN EC, que sintetiza com perfeição o dilema do presidente.

Ele disse que clubes na situação do Botafogo, para conseguiram liquidar suas dívidas, teriam que ficar no mínimo dois anos disputando campeonatos com equipes modestas e abdicar da pretensão de conquista até que a situação fora de campo fosse normalizada.

Concordo com ele.

O problema é agüentar a pressão política dentro do clube e dos torcedores que cobram algo que não está ao alcance dos dirigentes.

O resultado é que Bebeto de Freitas, para manter uma equipe com condições de disputar títulos, montou um time que custa mensalmente mais do que o clube consegue arrecadar.

Dessa maneira não há administração que agüente.

O caos financeiro se torna inevitável.

Por isso o próximo mandatário, logo que tomar posse, precisa estabelecer metas que sejam condizentes com as possibilidades do clube.

E precisa contar com a compreensão de torcedores e conselheiros do Botafogo.

Do contrário, dentro de pouco tempo, todos correm o risco de não ter mais para quem torcer.

Apertar o cinto agora, para não chorar depois.

É a única saida

Facebook Comments
Advertisements

4 comentários sobre “A difícil situação do Botafogo

  1. Du Caneta

    Esse Bebeto só fala…tá há 6 anos na presidência do Botafogo, não ganhou nada e continua com salários atrasados. Em 1 ano o Corinthians montou um time melhor que o dele e não deve salário pra ninguém. Por que não elogiar a administração do Andrés, como vc faz com o Bebeto???

  2. Carlos Almeida

    Bebeto de Freitas o ícone do bom dirigente para a imprensa, mostra que não passou de um sonho. Os jogadores estão quase três meses sem receber salário e não existe mais dinheiro. Poderia ele embracar no sonho do Engenhão? Poderia continuar iludindo os torcedores de que o Botafogo estava com uma situação sólida. Acho que não e não se mostrou diferente de muitos que existem por ai, é lógico no quesito competência.

  3. Álvaro

    É Paulinho, nessa eu concordo contigo e com o RMP. Foi mais ou menos o que fez o Palmeiras em 2007. Montou uma equipe modesta, pra em 2008, aí sim, pensar em parcerias, estádio, contratações (sim, fora a Traffic, ainda contratou Alex Mineiro, Granja, Denílson, enfim…).
    Em 2007 muita gente criticou o Verdão por investir pouco e todo mundo dizia que o time não era condizente com a história do clube (e cá entre nós, não era mesmo). Mas esse ‘passo para trás’ foi importante pra dar dois pra frente em 2008 e se livrar dos resquícios do Mustafá. E na boa, o futebol é mais simples do que parece: nem precisa de dois anos, um ano com um time modesto e o Bota no ano seguinte já consegue coisa melhor. Não tem muito segredo. Aperta agora e lucra depois.

  4. Donizete

    Desculpe Paulinho, mas um administrador que gasta mais do que arrecada, não pode ser considerado um bom gestor.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: