Advertisements

A lei conveniente.

 Os dirigentes esportivos realmente são uma piada.

A FIFA ratificou hoje sua decisão de proibir partidas de futebol acima de 2750 m acima do mar.

Em contra partida permitiu que a Bolívia dispute seus jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo em La Paz, que fica acima do limite estabelecido pela própria entidade.

É o mesmo que proibir o homicídio no mundo e liberar um país para praticá-lo.

O que mais falta acontecer ?

Facebook Comments
Advertisements

10 comentários sobre “A lei conveniente.

  1. larissabeppler

    “O que mais falta acontecer?”

    Toda vez que tu faz essa pergunta eu fico arrepiada só de pensar. E não é no bom sentido!

    Paulinho: É bem por ai

  2. Robson

    Eu também achei um absurdo. Mas pela proibição.
    Proibir grandes cidades com grandes estádios de terem os jogos de futebol é uma idéia que beira o fascismo.
    A maior cidade do mundo, a Cidade do México, está na altitude.
    Creio que deve-se permitir jogos até na Lua.
    Além disso, ao menos até 2000 e poucos metros sei que não há diferença alguma em relação ao nível do mar, a não ser pelo frio.

    Paulinho: Discordo totalmente

  3. geraldo c araujo

    A noticiá na imprensa de hoje é de que La Paz está incluída pela Fifa entre as localidades vetadas por motivo de altitude. Só não dá para entender é que em jogos programados pela Fifa os efeitos da altitude são considerados impróprios, enquanto que, nas competições patrocinadas pela Conmebol, esse fator não seja impeditivo. É razoável cobrar coerência de uma entidade na qual quem dá as cartas, pelo visto, é o Evo Morales?

    Paulinho: A coerência deles esbarra no bolso.

  4. Randal

    É muito simples.
    Basta aos adversários chegaram ao local do jogo o tempo necessário para a adaptação. Se não me engano , os cálculos falam em aprox. 20 dias.
    Lembro também que a altitude sempre esteve lá , desde o início dostempos. Quando os times viajavam para a Bolivia, Peru, e outros países e ganhavam de goleada ninguém falava nada.
    Agora que a coisa está ficando maisapertada, começa essa conversa.

    Paulinho: Não há logica no que você disse….os calendarios não permitem esse tempo todo.

  5. Jorge

    Comparación absurda con los homicidios. Sería lo mismo que pedir que bolivianos y peruanos no jueguen en ciudades de altas temperaturas, como muchas ciudades brasileiras, total ellos tambien no estan acostumbrados a jugar en esas condiciones.
    La FIFA establecio Ciudad de Mexico como limite, no por estudios cientificos en relacion a la altitud, acontece que la Federacion Mexicana domina la CONCACAF y tiene otro peso. Ahi los intereses son los mismos de siempre: lucro disfrazado de proteccion a los jugadores.
    PD : Parabens pelo trabalho

    Paulinho: Existe risco de morte em partidas disputadas em altitude. Já nos locais de clima quente nada impede que sejam disputadas a noite. Abraço

  6. Jarbas

    Deveriam ser proibidos voos, e turismo nessas cidades também.
    Porque não aproveitam, as autoridades e proibam escaladas de montanhas como o Everest.?
    E proibam jogos no Rio de Janeiro, sempre há o risco de balas perdidas dos morros que podem matar jogadores.
    Proibam também, jogos em Goias e Mato Grosso, lá tem Febre amarela.
    Proibam também, jogos em São Paulo, porque os dejetos de alguns clubes, correm a céu aberto, com risco de doenças à torcedores e jogadores.

    paulinho: Seu comentário beira o delírio…nada a ver

  7. Alberto

    Paulinho, acho esta discussão sem sentido. Os times brasileiros sempre que enfrentaram times bolivianos, mesmo em La Paz, se deram bem. Pode ter uma derrota ou outra, mas a maioria dos resultados são positivos aos times brasileiros. Assim, não dá para concluir que perdeu por causa da altitude. E observe que seria normal perder mais do que empatar e ganhar, pois se está jogando fora. Os times deles são muito fracos.

    E ninguém morreu lá também. Pode ter uma dor de cabeça, um enjôo, mas nada que um balão de oxigênio não resolva e um sal de fruta não resolvam.

    Essa frescura começou ano passado por causa do Flamengo que não é acostumado a jogar e Libertadores e quis aparecer de alguma forma. Então falou que nunca mais ia jogar sei lá onde, etc. Deram para trás.

    Paulinho: O problema é que existe o risco de morte. Só isso já é suficiente para proibir

  8. Fabio De Simone

    Paulinho, no clima quente pode pegar febre amarela ou dengue hemorrágica ou cair com arquibancada podre de mau conservada.
    Foi só boliviano aprender um pouquinho de bola…

    Paulinho: A noite da para jogar no clima quente. Boliviano aprendeu um pouquinho de bola ? Quando ?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: