Advertisements

Você não pode mais desistir.

Existem pessoas que atingem um patamar tão elevado de reconhecimento e credibilidade que passam a não ter mais direito sobre algumas decisões de sua própria vida.

Você nasceu nos anos 50, mas foi na adolescência que começou a trilhar seu caminho de batalhas.

Foi quando pela primeira vez contribuiu para o bem publico, pratica que iria se tornar corriqueira em sua existência.

Ao redor de seus 20 anos já lutava contra a ditadura.

Foi preso e torturado pelo nefasto DOI-CODI.

Quantos amigos não perdeu nessa luta desigual ?

Mas seu espírito guerreiro, e perspicácia incomum, provavelmente herança genética de seu pai, procurador de justiça, o conduziam para a luta.

O País nunca agradeceu a você e seus companheiros pelo sacrifício.

Embora, te conhecendo como conheço, tenho certeza que nunca fez questão disso.

A vida seguiu e logo se tornou sociólogo.

Conhecimento que com certeza o ajudou em sua profissão verdadeira.

Sim, porque você nasceu para ser jornalista.

Vocação indiscutível, talento raro.

O acaso o levou a redação de uma revista.

Sua competência fez com que a oportunidade fosse aproveitada.

Não demorou para brilhar, e logo se tornou chefe da publicação.

Uma revolução aconteceu.

E a revista se tornou referencia no setor.

E sua luta por justiça fundiu-se com o sangue de jornalista.

Os bastidores do esporte, até então tão velados, seriam devassados.

Os cartolas e coniventes com a corrupção entraram em parafuso.

A vida deles jamais seria a mesma.

Veio a Máfia da Loteria.

Com a ajuda de Sergio Martins, desvendou um dos maiores esquemas de corrupção da história do futebol mundial.

Foi ameaçado.

De nada adiantou.

Sua coragem e desejo de mostrar a verdade eram maiores do que eles.

Seu nome ganhou projeção, e quando citado fazia muita gente tremer.

Quem seria o próximo a ser descoberto por aquele jornalista abusado ?

Muitos outros foram desmascarados.

Teve o caso do doping de Mario Sergio, sua brilhante participação na CPI contra a corrupção no futebol.

Você ajudou a desvendar a verdadeira história de alguns imperadores tiranos do esporte.

Graças ao seu trabalho, o torcedor não foi enganado.

Hoje todos sabem quem é Ricardo Teixeira, Eurico Miranda, Carlos Arthur Nuzman, João Havelange, Alberto Dualib, Kia Joorabchian, Grego, Eduardo Farah entre tantos outros ícones do que há de pior na história do mundo esportivo.

Trabalhou em diversas mídias.

Nunca se curvou ao poder corrompido.

Atitude essa que seletivamente o levou a lugares onde sua independência não pudesse ser questionada.

Seu trabalho único, não poderia ser censurado.

As TVs abertas ainda não estão preparadas para tamanha avalanche de verdades.

Na ESPN Brasil encontrou um lar.

Pela CBN realiza seu trabalho no rádio, e tenho certeza, é o local onde mais se diverte.

A Folha de São Paulo o tem como carro chefe dos esportes.

No UOL é o campeão de audiência.

Ainda encontra tempo para atender inúmeros pedidos de alunos de Faculdade que o tem como ídolo.

Exatamente, talvez você não tenha essa dimensão.

Não há no Brasil uma Faculdade que não o cite como referencia do jornalismo.

Na minha, sempre é citado como exemplo.

O que me causa enorme sensação de orgulho.

Até em sua passagem pela Playboy conseguiu descobrir algo inédito.

A verdadeira identidade de Carlos Zefiro.

A essa altura seu nome já era sinônimo de coisa seria.

Foi convidado para ser Ministro de um governo.

Recusou pelo amor ao jornalismo.

Mesmo assim contribuiu para a criação de uma lei que acabou com a escravidão do jogador de futebol.

Lei essa que depois foi estuprada no congresso.

Fica difícil descrever em um texto de blog todos os seus feitos e contribuições para a sociedade.

Mas tenho certeza que o pouco que contei já serve para que você mesmo possa ter a dimensão de sua importância.

Foi através de sua conduta de vida que muitos que o admiravam hoje te seguem.

A vida tratou de juntar todos aos seu lado e cada um contribui ao seu jeito para que seu trabalho não tenha sido em vão.

Tem o seu amigo Vitor, leal a seus princípios de ética e honestidade.

O Felipe, que é genial, menino honesto a quem você tanto orienta.

O Kajuru, que tanto trabalho lhe dá, mas que tem princípios de verdade e indignação, que sem duvida fazem com que tenha um carinho especial por ele.

O Conrado, seu ombudsman preferido.

Seus familiares, que tem em você um alicerce de vida.

Seus amigos de trabalho que tanto te admiram.

E o blogueiro que escreve esse texto.

Que tem muito do seu caráter moldado por acompanhar sua carreira desde os 10 anos de idade.

Aprendi contigo princípios básicos de ética e honestidade.

Sonhei um dia poder combater o sistema corrompido da maneira que você fazia.

E o destino me fez escrever um blog.

Que me aproximou de seu trabalho.

E que me fez admira-lo ainda mais, pelo trabalho que já conhecia e pelo ser humano que desconhecia.

É por todos nós que você não pode mais desistir.

Pelo publico que te admira.

Por aqueles que te seguem.

Seu caminho não tem mais volta.

Facebook Comments
Advertisements

36 comentários sobre “Você não pode mais desistir.

  1. Rogerio Jovaneli

    De novo…Paulo, até imagino o Juca pensando antes de escrever: pô, apesar dos tempos difíceis de pouco interesse pela leitura entre a juventude DESTE PAÍS (como diria a decepção que preside essa nossa nação), tem muito aluno de jornalismo que, até por obrigação (uma pena), acaba, de algum jeito, lendo jornal. Talvez até assine um. É, a Folha é bem aceita entre os jovens. Isso mesmo. Vou dar um recado pra esse pessoal. Dizer que se hoje eles vivem em um país democrático é porque muito sangue e suor foram derramados no passado. Portanto, eles devem ter razão de sobra pra acreditar em dias melhores. Afinal, o pessoal lá de trás também viveu momentos de desesperança, dor, lágrimas e, com muita luta, obteve conquistas e deixou algo melhor para as novas gerações.
    Perfeito. Acho que é isso que vou fazer nesta quinta-feira: dar um recado pra essa molecada. É importante. Eles precisam saber que eu e os meus colegas de bem trabalhamos no passado para construir este presente e que eles, presente, tem de dar continuidade, seguir em frente, trabalhando, pois eles são o amanhã. Serão aqueles a darem o recado a minhas netas.
    E mais: felizmente, tem bastante gente lutando ao lado do Juca. É uma luta talvez sem fim, mas que já teve o seu início.
    Aliás, já teve o pontapé inicial; bate-bola (de manhã e de tarde); linha de passe; às vezes, até estivemos fora de jogo. Mas seguimos em frente nessa caravana do esporte. E por quê? Oras bolas, porque somos verdadeiros loucos por futebol. Informação é o nosso (dele, meu e seu) esporte.

    Paulinho: Muitos estão na empreitada graças ao trabalho que ele realizou

  2. LEONARDO

    Paulinho, prometi, não voltar, até o dia 06/04/08,se o SPFC, classificar,mas….não deixaria de ler seu Blog. Ontem à noite, me deparei com a “coluna do juca na Folha” (republicada, por êle, hoje em seu blog) e como o assunto não envolve os clubes grandes , tomo a liberdade, de voltar antes da data prometida, para só dizer uma coisa:- Realmente, para pessoas especiais como o JUCA, não tem volta. È erguer o ombro, microfone na boca e caneta nas mãos, e continuar esta “luta”.

    e parabens, a vc, por colocar a coluna no blog, e agora fazer este belíssimo, comentario, resgatando toda hoistoria (resumida) desta âncora, do jornalismo esportivo.

    acabo de ler o Post, (no blog do Juca) do Conrado (ombudsman), onde cita, uma frase ( Bertold Brecht ) que resume, a vitoria dos honestos, dos lutadores, e estas pessoas são mesmo “IMPRESCINDÍVEIS”, PARA A SOCIEDADE.

    E´isso, grande abraço, e siga o caminho do Mestre! este sabe o caminho das Pedras. leonardo tomas- limeira-sp.

    Paulinho: É um caminho árduo, mas gratificante

  3. Randal

    Gosto do Juca, mas confesso a minha decepção.
    Nenhuma linha, nenhuma palavra dita sobre a marmelada do jogo do Inter contra o Goias que culminou com o rebaixamento para a série B do Corinthians.
    Jornalismo independente e isento não pode prescindir dessas análises.
    Anteriormente, também especulou perigosamente dizendo que havia uma armação da CBF para manter o Corinthians na série A. O resultado disso é que o Corinthians foi seguidamente prejudicado pelas arbitragens, tendo o seu auge no jogo contra o Vasco. Nesse jogo, o zagueiro do Vasco espalmou a bola dentro da área e nada foi marcado.
    De novo, nada foi dito.

    Paulinho: Ele não escreveu porque as coisas que você citou são pura fantasia.

  4. ROGER

    INDISCUTÍVEL AS BENESSES DO SENHOR JUCA PARA O BRASIL, O QUE ATRAPALHA É APENAS SEU AMOR LOUCO PELO COMUNISMO

    Paulinho: Ele tem amor louco pela verdade

  5. Edson Roberto

    Paulinho, conheci seu blog através dessa pessoa.
    Sou fã dessa pessoa desde meus 11 ou 12 anos, quando o mesmo apresentava o Cartão Verde na TV Cultura, ela me fez querer ser jornalista desde então. Infelizmente, não segui esse caminho, mas ainda acompanho o seu trabalho.
    Espero que ele nunca desista e que continue a fazer esse trabalho espetacular que o mesmo faz.
    Abraços.
    Edson.

    Paulinho: Não vai desistir

  6. paulo

    perfeito!
    assino em baixo de td…. JK o melhor jornalista q existe

    Paulinho: Concordo

  7. Diego H. C. Alexandre

    Ei, o Juca tá pensando em parar? Quem ele pensa que é? Não pode fazer isso não! Ele tem uma obrigação! Manda ele ler a parábola dos talentos… Ele não pode enterrar o seu talento! Ele tem que continuar a investi-lo para os mais pobres e mais necessitados. Tem que continuar a escrever, denunciar os canalhas de plantão que tanto mal fazem ao nosso povo sofrido. Povo esse que, muitas vezes, nem imagina o que se passa e por uma falta de cultura e educação, acabam por inverter tudo e pensar que aquele que o defende é que é quem o maltrata. Mas mesmo assim ele não pode parar!!! Até Jesus foi crucificado e, no leito de morte, rogava para que o Pai nos perdoasse porque não sabíamos o que fazíamos…
    Juca tem que continuar!
    O povo precisa dele, mesmo que o povo não saiba disso!!!

    Paulinho: Sua ultima frase diz tudo

  8. Marcus

    Bom dia, Paulinho!!!
    Meu amigo, PARABÉNS pelo belo texto!
    Concordo plenamente com o que vc escreveu.
    E por favor, lembre ao Juca que, como vc, há toda uma geração que cresceu lendo/ouvindo/vendo os comentários e reportagens comandadas por ele, e, falando por mim, espero e torço que ele dê essa oportunidade à outras gerações vindouras que não podem ficar sem essa referência ética, não só no jornalismo, mas na vida.
    Um grande abraço e um ótimo final de semana!!!

    Paulinho: Ele com certeza deve ter conciência disso

  9. LUIZ SOSSAI

    JUCA VC NUNCA PODE DESISTIR, POIS VC SEM SABER ESTÁ SENDO REFERENCIA DE MUITOS JORNALISTAS RECEM FORMADOS, QUE AMANHÃ VÃO TE AJUDAR NESTA LUTA INTERMINAVEL QUE É A CORRUPÇÃO, A PILANTRAGEM QUE ASSOLA O ESPORTE NO BRASIL.
    SOU SÃOPAULINO, MAS ADIMIRO MUITO VC PELA PAIXÃO EXPLICITA QUE VC TEM PELO CORINTHIAS E AO MESMO TEMPO SER ISENTO AO DENUCIAR OS ATOS ILICITOS QUE ACONTECEM NO CLUBE.
    E VEJO QUE ESSA ÉTICA ESTÁ SENDO PASSADA DE PAI P/FILHO.
    COMO PAI, POSSO FALAR QUE VC PODE SE SENTIR REALIZADO, QUANDO O FILHO ABSORVE ESTE ENSINAMENTO E SEGUIR O CAMINHO DO PAI – ÉTICA- É O NOSSO DEVER PASSAR ISSO P/NOSSOS FILHOS COM ISSO VAMOS AJUDAR E MUITO O BRASIL.
    LUIZ -AVARÉ-SP

    Paulinho: Sem duvida

  10. ISRAEL (RIBEIRÃO PRETO-SP)

    Paulinho, um bom dia a vc e a todos que postam no blog, em especial a Nação Corinthiana. Vi e li o texo do Juca na FSP, é um baita profissional, como corinthiano que sou tenho ele como um exemplo no jornalismo sério, quando aborda as coisas de seu time de coração com tanta veemência, aprendi a entende-lo. Parabéns pelo seu texto fazendo minha as suas letras. O filho (AK) tabém torçe pelo time do pai?Um abraço.

    Paulinho: acredito que sim

  11. carlos

    SENSACIONAL O TEXTO.
    O Juca é o exemplo a ser seguido, no jornalismo, em qualquer profissão.
    Caráter único, profissional exemplar. Vitorioso, Magnífico.
    Sou fã incondicional:
    “Juca Eterno!!!”

    Paulinho: Somos

  12. carlos

    Juca:
    Lutar sempre;
    Vencer Talves;
    Desistir Jamais!!

    esse lema cantado pelos Corinthianos, tnho certeza é inspirado em VOCE.

    Paulinho: Tem tudo a ver

  13. Toel

    O Juca não pode deixar abalar pelos acontecimentos, a vida é cíclica e tudo muda de uma hora para outra, já trabalhei em empresas em que um funcionário que desviava mercadoria se tornou gerente, vaga cobiçada pela maioria, mas o tempo é o sr. da razão e o que tem de acontecer, vira realidade, hoje não trabalha ninguem o quer, todos conhecem seu perfil e nós que praticamos a honestidade estamos ai na nossa luta diária sem baixar a cabeça pelas adversidades, e o exemplo deixado será seguido por muitos e isso não tem dinheiro que pague. abraço

    Paulinho: É bem por ai

  14. Kapinha

    Parabéns pelo texto o Juca, apesar de corinthiano é nota mil.

    Paulinho: Ser corinthiano é uma das principais vitudes dele

  15. Luís

    Paulinho, sobre o texto postado no seu blog e sobre os comentários aqui registrados gostaria de deixar a minha opinião…

    Tenho certeza que o Juca é uma pessoa honesta e de carater, assim como ao longo da sua carreira se mostrou um excelente Jornalista, e eu seria tolo se não reconhecesse isso.

    Porem alguns fatos descritos me causam um certo desconforto… vamos a eles;

    O fato do Juca, (do qual ja fui fã) ter sido preso e torturado, assim como tantas outras pessoas na época da ditadura, e ter lutado pela democracia, alem de ter construido uma carreira brilhante no jornalismo, não o credencia em nenhum momento como dono da verdade, assim como um post acima que resumindo diz que se hj a juventude vive num país livre de repressão ela deve isso as pessoas que lutaram contra a ditadura militar…

    Reconheço a luta e o sofrimento de todos os que foram contra a ditadura e realmente sou grato por isso…. mais se estas pessoas não tivessem lutado desta forma, outras pessoas(talvez até essa juventude tão criticada) em algum momento certamente tb lutariam… e mesmos os grandes idealixadores da luta contra a ditadura não tem o direito (na minha opinião) de usar isso para exigir reconhecimento…

    Hj sou contra o Juca, pois ele na minha opinião se tornou extremamente parcial nas suas opiniões sobre o Corinthians, e aproveita o péssimo momento do clube para conseguir tirar proveito proprio(esta é só a minha opinião)…

    porem não sou cego para não reconhecer o outro lado, o lado do jornalista que construiu uma história brilhante no jornalismo, e contribuiu muito para o esporte brasileiro….

    Não sei se consegui fazer com que vc me entenda, mais resumindo, quero dizer que nada, nem mesmo as conquistas e lutas do passado, a retidão de carater e as boas intenções credenciam as pessoas a estarem sempre certas e que suas matérias expressem sempre a verdade absoluta…. pois todos somos seres humanos e mesmo inconcientemente nos deixamos influenciar por diversos fatores….

    Paulinho: Discordo de sua opinião. Ele fala a “verdade” sobre o Corinthians. Não tem culpa se ela é desagradavel.

  16. Igor de Oliveira

    Como estudante de jornalismo, Juca é simplesmente um ídolo, eu só não estou do lado dele quando se trata de PSDB. Ele defendia o FHC. De resto o melhor jornalista-esportivoi-invetigativo que acompanhei. Um ídolo.

    Paulinho: Sem duvida o melhor

  17. Carlos Nobrega

    Igor, PSDB??? Juca Kfouri é o maior malufista que conheço. E Paulinho, porque você não postou meu comentário? Pára com isso, você precisa divulgar as opiniões divergentes também. Quer só elogio vai trabalhar de padre. Aproveito até para parabenizá-lo no texto sobre o São Paulo estar faltando com o respeito com o bairro do Morumbi. Abraço

    Paulinho: Não acredite em Mentirosos Natos

  18. Randal

    Paulinho: Ele não escreveu porque as coisas que você citou são pura fantasia.

    Apenas alguns comentários adicionais sobre a sua resposta :

    1) O Juca insinuou mesmo que o Corinthians seria ajudado pelas arbitragens nas rodadas finais.
    2) No jogo contra o Vasco o penalty existiu. Nos jogos anteriores, sempre ocorreram lances que prejudicaram o Corinthians.
    3) Em Goias, segundo declarações do próprio Abel, o time estava com má vontade.

    Não estou dizendo com isso que o Juca esteja à serviço da Oposição, ou qualquer outra bobagem dessas por aí. Estou dizendo que é importante que os jornalistas analisem todas as questões e apurem as verdades, seja de que lado estiverem e não por simpatia ou antipatia.
    Se isso são fantasias, eu não sei mais o que é verdade.
    É só imaginar que os times estivessem com os papéis trocados e pensar no que iriam falar. Se o Corinthians participasse da Marmelada de Goias, estariam pedindo até a desfiliação do Clube na FIFA.

    Paulinho: Continuo com a mesma opinião

  19. Robson

    Paulinho boa tarde!!!!
    Como estou fora de São Paulo a mais de qinze dias e como não tenho conseguido acompanhar o BLOG, não entendi esse seu POST e neo o do Juca que alias acabei de ler. Poderia por gentileza me indicar ou me informar o que aconteceu; me senti em Marte.
    A propósito é a primeira vez que deixo um comentário no seu Blog, mas não poderia perder a oportunidade de parabenizá-lo; visto que pessoas de caráter no meio esportivo, ao meu ver, cabem nos dedos da mão. Continue assim.

    Paulinho: O Juca fez um desabafo e eu resolvi responder a ele.

  20. carlos alberto

    Corinthiano não mostra garra só no futebol: Washington Olivetto, Ayrton Senna, Luiz Inácio (apesar de tudo, é um exemplo de garra), Hortência, Juca Kfouri. e vai por aí…..Há exceções… como Chico Lang, Juarez Soares, Dualibi, Nesi e outras aberrações.

    Paulinho: É um lutador

  21. Jarbas

    Randal. Você não disse fantasias. Fique tranquilo, que eu e mais um monte de gente, gosta de Juca, mas sabe que ele não é unanimidade.
    Aliás já dizem que a unanimidade é burra. Mas tem gente que não aceita.

    Paulinho: Ninguem é unanimidade

  22. José Luís

    Paulinho, boa noite, me diz onde eu assino, concordo com cada palavra… abraços

    Paulinho: Acaba de assinar…abraço

  23. Jonathan Alves

    Juca conseguiu com o passar dos anos construir uma reputacao, e isso realmente demora anos, nao é de um dia para o outro. Dificil chegar a um patamar onde a palavra e seus textos sao respeitados e considerados por leitores e jornalistas. Mas chegar no topo é uma coisa, se manter nele é outra, muito mais dificil. Juca chegou ao topo a alguns anos atras, mas infelizmente, nao sei se por vaidade ou excesso de confianca, chegou la e perdeu o rumo. Nao vemos mais o mesmo Juca de outras epocas, criterioso, IMPARCIAL. Vemos hoje um Juca com excesso de confianca nele e principalmente nos que o cercam. Amigos de alguns dirigentes, tece elogios aos mesmo e critica ferozmente os inimigos de seus amigos. Criou para si um circulo vicioso de amigos que se aplaudem, criando uma fantasia de verdade absoluta que sabemos nao existir. Suas criticas principalmente ao Corinthians chegam a extremos de parcialidade, nao sei se para gerar (nos dois sentidos) uma noticia ou para apenas se manter com a polemica. Sei que Juca é seu idolo, mas ele é apenas humano, como todos nos. Ele nao sabe toda a verdade, ninguem sabe e ele como todos nos nem sempre esta certo, e é opiniao geral que ele se desviou um pouco do caminho que ele sabe traçar.

    Paulinho: Eu discordo

  24. larissabeppler

    Boa Paulinho!!

    Uma pena o que algumas pessoas tentam fazer com o trabalho dele, difamando por medo, ou no caso da torcida, pq não consegue enxergar um palmo na sua frente qdo as críticas são relacionadas ao seu clube. Sem saber que críticas construtivas existem para, como o próprio nome diz, construir um futuro melhor, corrigir erros que atrapalham o desensolvimento, etc.

    Parabéns novamente Juca!

    Paulinho: Perfeito

  25. Denilson Martins

    Excelente texto Paulinho.

    Concordo com tudo, sem dúvida, uma bela resposta as indagações do Juca, naquele texto.

    Parabéns!

    Paulinho: Valeu. ABraço

  26. Alviverde/SP

    Conheço(não pessoalmente) o sr. José Carlos do Amaral Kfouri desde quando figurava no staff da revista PLACAR(que DEVORAVA em minha juventude) como pesquisador dos preciosos arquivos futebolísticos e esportivos da Editora Abril…teve ascenção rápida e merecida ocupando então, a cadeira de editor-chefe da Placar, permanecendo lá por quase 10 anos. Participou de vários momentos importantes da história do País, investigando, instigando, revelando fatos, não só desportivos, mas sócio-culturais, sociólogo que é. Numa analogia, se o Brasil fosse um álbum de figurinhas, o Juca, para mim, seria uma das figurinhas CARIMBADAS, raras e preciosas.

  27. sergio lima

    Randal, a verdade esta nos fatos e nao nas pessoas, por mais que o Paulinho tenha opinioes contrarias a fatos, isto nao significa que ele esteja com a verdade, so mostra que as vezes, muitas vezes, os jornalistas sao mal informados e erram como todos nos. Sobre Juca Kfouri, a quem tenho o prazer de conhecer e idolatrar, acho que ja passou da hora de parar com o blog, e’ facil ver o desgaste no texto dele. E’ otimo jornalista, embora ja tenha sido melhor, seu filho, por exemplo, ja e’ melhor do que ele. Sinto muito que a geracao ditadura continue impedidndo o Brasil de olhar mais adiante, mas, este e’ um preco que todas as nacoes q passaram pelo q o Brasil passou tiveram que pagar e temos que entender e ate de certa forma reverencia-los pela luta. Juca, em minha opiniao, deveria dar mais valor a sua historia e deixar de se expor num blog ja cansado, uma coluna bem feita por semana seria o ideal para alguem de seu calibre, mas, infelizmente, no Brasil, caras como ele tem que trabalhar ate morrer.

  28. Chrystian

    Lendo no seu blog sobre as perseguições que você sofre, fico imaginando o quão difícil é mostrar a verdade e bater de frente com a banda podre da imprensa / política e confederações brasileiras…

    Imagino o quão cansado / desmotivado o Juca devia estar quando escreveu a coluna, realmente vocês esmurram facas o tempo todo – e isso cansa.

    Mas o trabalho de vocês, o esforço de vocês, vale a pena.

    Por mais que Edsons se associem a Ricardos por aí e TV dos Marinho ache isso lindo e grande parte do país também, vocês JORNALISTAS de verdade são à base do espírito crítico que vai limpar esse país e seus meios tão corrompidos.

    Vocês estão fazendo a história

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: