Advertisements

Os Jogos Olímpicos de Tokyo 2020 e o Coronavírus

Por ALBERTO MURRAY NETO

É hora de se falar em responsabilidade dos Jogos Olímpicos

Conheço profundamente o seio do Comitê Olímpico Internacional (“COI”). Não apenas por ter vivido intensamente o órgão por muitos anos, mas também porque, independentemente disso, sempre fui um estudioso aguerrido da entidade e dos rumos do Movimento Olímpico. Entendo perfeitamente as razões que levam o COI, o Comitê Organizador e demais envolvidos em tomarem a duríssima decisão de adiar, ou cancelar os Jogos Olímpicos.

Mas tudo tem um limite. A nota que o COI publicou nesta semana trouxe mais inquietudes do que orientações para aqueles que realmente são a peça essencial nessa engrenagem, isto é, os Atletas. Com o mundo esportivo parado, não me parece plausível estimular que os Atletas “sigam seus treinamentos”. Ainda que isso fosse possível, os Atletas não vivem em Vênus. Os Atletas moram na Terra e estão, assim como nós, ansiosos, preocupados, atentos, com a situação que o mundo atravessa. Os Atletas têm amigos, parentes que estão doentes, ou sujeitos à doença. Aos Atletas não têm sido plausível manter a disciplina que disputar os Jogos Olímpicos requer. Os Atletas são seres humanos. E merecem respeito.

Somente o otimismo exagerado, ou a arrogância, podem levar a crer que em três meses estarão todos felizes e preparados para disputar o certame Olímpico. Mesmo que o mundo até lá esteja livre desse vírus, ainda estará juntando os cacos e não haverá clima para a grande competição.

O COI não pode demorar muito mais para anunciar ao mundo a sua decisão de, ao menos, adiar os Jogos Olímpicos, sob pena de ficar com sua imagem e de seus patrocinadores machucada. Não se pode jogar os Atletas em uma aventura.

Justamente porque amamos o Movimento Olímpico é que esperamos dele sensatez. O esporte deve ser a referência positiva da humanidade.

Cumprimento os Atletas e Comitês Olímpicos que já se manifestaram favoráveis ao adiamento dos Jogos para proteger a Família Olímpica. Não se deve ter medo de ter posições e tomar decisões. É necessária transparência no diálogo dos organizadores com os Atletas.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: