Advertisements
Anúncios

Novas regras de comissionamentos a agentes de jogadores, aprovada pela FIFA, entram em vigor no meio do ano

Will Dantas, Pedrinho e Giuliano Bertolucci

Acostumados a pagar verdadeiras fortunas a intermediários de atletas, os clubes brasileiros terão que realizar criativas manobras contábeis para mantê-las nesse patamar.

O Corinthians, em exemplo, chega a ceder 30% da operação aos agentes mais próximos da diretoria.

À partir do meio do ano, qualquer abuso de pagamento será ilegal.

O teto máximo, aprovado pela FIFA, é o seguinte:

  • o empresário não poderá ganhar mais do que 3% do salário bruto do jogador (hoje a média é 10%)
  • se representar o clube comprador, a comissão máxima será de 6%;
  • em estando ao lado dos vendedores, 10%.

Os agentes estarão proibidos de atuarem para ambos os lados, ou seja, de receberem comissões das duas partes.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: