Advertisements

“Pojeto” Série B

V(W)anderlei(y) Luxemburgo, até meses atrás (em seu último trabalho), treinava uma equipe da segunda divisão chinesa, porém com orçamento maior do que as equipe da Série A do Campeonato Brasileiro, além de carta branca para contratar quem bem entendesse.

Montou, então, um time com atletas de primeira divisão para, esperava-se, atropelar os adversários.

A realidade, porém, foi bem diferente.

Quando Luxa foi demitido, após suspeitas de procedimentos que os brasileiros já conheciam, sua equipe ocupava a 8ª colocação da segunda-divisão, na zona de rebaixamento para a terceira, mesmo jogando com jogadores, supostamente, de primeira.

Um fracasso absoluto.

Diante do currículo recente, incluindo trabalhos anteriores à aventura chinesa, não é exagero supor que dirigentes do Sport, se não incompetentes, tinham objetivos alheios ao futebol para contratar um treinador pra lá de complicado.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: