“Querem calar a nossa voz”, diz líder de ‘Blog sujo”

phaedir

Desde que assumiu a Presidência do Brasil, o novo Governo cumpriu a promessa de não mais repassar recursos, milionários, aos afamados “blogs sujos”, responsáveis pela propaganda, disfarçada de jornalismo, das peripécias do PT.

Em 2015, por exemplo, sem contar CAIXA e PETROBRAS (que não revelaram, ainda, quanto pagaram), mais de R$ 5 milhões saíram dos cofres público para esta finalidade.

O que se espera, daqui por diante, é que a conduta seja abolida, e não apenas, por razões políticas, retiradas “dum lado” para serem desviadas “a outros”, possivelmente simpáticos à atual gestão.

“Querem calar a nossa voz”, declarou Paulo Henrique Amorim, jornalista de blog inserido no contexto dos ditos “sujos” (recebeu R$ 333 mil).

Há milhares de sites na internet que nunca receberam qualquer tipo de ajuda do Governo e nem por isso “se calaram”.

O que se quer evitar é que todos sigam o exemplo do próprio Amorim, que antes tratava Lula como semi-analfabeto e Edir Macedo como o Diabo, e, depois de receber dinheiro de ambos os citados, passou a elogiar a “inteligência” do ex-presidente, além de beijar as mãos do “bispo” da IURD.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.