Estacionamento do “Fielzão” está em desacordo com caderno de encargos da FIFA

gobbi

Publicamos, ontem, a relação de vagas liberadas pela Prefeitura de São Paulo para a construção do estacionamento no estádio do “Fielzão”.

As vagas do estacionamento do “Fielzão”

Boa parte dos números está em absoluto desacordo com as orientações do Caderno de Encargos da FIFA para a Copa do Mundo.

Certamente, mais uma aresta, entre tantas, que o clube terá que aparar com a entidade.

O documento prevê a obrigatoriedade do estádio fornecer, ao menos, 10 mil vagas para carros e 500 para ônibus.

As equipes devem contar com duas vagas de ônibus e oito de carro, isoladas do público da partida.

Há ainda outras exigências sobre o tamanho dos locais e, também a existência de um heliporto próximo ao estádio.

Na composição atual, o Corinthians ficará devendo mais de 4 mil vagas de veículos para atender as exigências da FIFA, além de duas vagas adicionais de ônibus para as delegações.

Por falar em ônibus, a situação é ainda mais discrepante.

No “Fielzão”, teremos apenas 30 vagas, diante das 500 exigidas.

Não há no projeto nada que fale sobre heliporto, embora possa se encontrar, talvez, algum que fique nas proximidades da Arena da BRL TRust.

Muitas das exigências parecem ser realmente exageradas, mas foram aceitas e assinadas pelos dirigentes corinthianos, que tem a obrigação de cumprir o compromisso ou tentar convencer a FIFA de amenizar suas cobranças.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.