A inexpressividade de Mario Gobbi na FPF

Foi constrangedora a participação do presidente corinthiano, o delegado Mario Gobbi, na última reunião da FPF, que definiu datas, horários e cotas para as finais do paulistinha.

Sucessões de bobagens faladas, além de tentativas frustradas de parecer engraçado, fizeram-no ser tratado como “bobalhão” por alguns dos presentes.

Arnaldo Tirone, presidente do Palmeiras, teria confidenciado a alguns conselheiros do clube que ficou incomodado com as varias tentativas de aproximação do dirigente alvinegro durante o evento.

Demonstração de que acertam os atuais “pensadores” de Gobbi, Rosenberg e Alvarenga, ao afastarem sempre que possível do convívio com a imprensa.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.