Advertisements

MAC e Oscar: inteligência proporcional

Foi no mínimo de pouca inteligência a ligação efetuada por Marco Aurélio Cunha, ex-dirigente tricolor, ao jogador Oscar, que o acusou de intimidá-lo.

Cunha rebate e diz que apenas queria “aconselhar” um amigo.

Difícil de acreditar, levando em consideração que, noutra oportunidade, o mesmo, então dirigente, já havia sido flagrado em situação semelhante, numa ligação que poderia ter seu teor utilizado em filmes de gangsters.

Obviamente, após este episódio, deixaram de ser “amigos”, se é que algum dia o foram.

Oscar, claramente, não é flor que se cheire, porém, MAC, todos sabem, também não.

Deveria a diretoria do clube, publicamente, dizer que nada tem a ver com o episódio, evitando assim associações indevidas com esse tipo de ação.

Se é que, de fato, não a autorizaram.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: