Diretor de futebol do Corinthians, com patrimônio de R$ 33,2 milhões, é acusado de ‘subtrair’ R$ 7,3 milhões da ex-esposa

Diretor adjunto de futebol do Corinthians, o Dr. Jorge Agle Kalil é tratado, no Parque São Jorge, pela alcunha ‘totó’, por conta da falta de constrangimento em aliar-se, sempre, aos que ocupam o poder alvinegro. Em casa, porém, o comportamento é de ‘Pit-Bull’. No final da gestão Dualib, ocupou o … Continue lendo Diretor de futebol do Corinthians, com patrimônio de R$ 33,2 milhões, é acusado de ‘subtrair’ R$ 7,3 milhões da ex-esposa