Advertisements
Anúncios

Corinthians com raça, São Paulo em queda.

 O Corinthians jogou como nos velhos tempos.

Com muita raça e coração nas chuteiras.

Mano Menezes faz um bom trabalho.

Com um elenco médio, o Timão vem chegando.

Na partida de hoje foi muito prejudicado por um péssimo bandeirinha.

Que anulou de maneira escandalosa um gol de Acosta, 1,20m atrás do ultimo defensor.

O mesmo Acosta que faria o gol da vitória.

Que pode ser um divisor de águas para a equipe.

Não sei se o Corinthians classifica.

A equipe é inconstante.

Mas se chegar vira candidato ao titulo.

O São Paulo decepcionou no Morumbi.

A equipe vem caindo de rendimento.

Saiu na frente do marcador, mas o Noroeste, taticamente engoliu o tricolor.

E logo conseguiu o empate.

Que por pouco não se transformou em vitória.

O que está acontecendo com o tricolor ?

Advertisements
Anúncios

Mengo campeão

 O Maracanã quase veio abaixo.

O Flamengo, de virada, é campeão da Taça Guanabara.

Com um segundo tempo de muita valentia.

O Botafogo bem que tentou.

Tardelli fez um golaço.

E o primeiro finalista do Campeonato Carioca é o time do povo.

Que deve disputar a Libertadores com muito mais tranqüilidade.

A noite carioca vai ser longa hoje.

Denúncia contra a COOPERFIEL

Recebi o e-mail abaixo de um torcedor que teria sido enganado pela COOPERFIEL, aquela cooperativa que havia sido criada para construir o estádio do Corinthians.

Obviamente uma barca furada.

Lembre-se que o Conselheiro Fiscal da entidade era o presidente do Corinthians, Andres Sanches, que tem o dever de responder aos que acreditaram no projeto.

assemb_2.jpg

Andres e diretores da Cooperfiel

Caro Paulinho,

Aproveito o feitio critico e até fiscalizador do seu blog, para fazer uma denuncia.

Na verdade, muito mais um desabafo do que uma denuncia, se bem que o fato não deixa de ser denunciavel.

Enfim, sou Corinthiano desde sempre e como tal gostaria muito de ver o clube ter um estadio moderno, bonito e vibrante, para que eu pudesse dizer “Vamos filho, hoje você vai conhecer a casa do Timão”.

Acho que foi esse sentimento que fez com que eu ignorasse meu raciocinio lógico e meu senso critico e acreditasse em um projeto que vinha sendo alerdeado internet a fora.

Uma Ong pretendia mobilizar a torcida corinthiana para uma arrecadação de dinheiro para a construção de um estadio. Nada mais nobre, a casa construida pelas mãos da própria torcida.

Tratava-se do projeta da ong Cooperfiel.

Eu acreditei, doei dinheiro, comprei camisas, comprei revista, liguei para o Disk Fiel.

A cada noticia de “um acordo com parcerio” ou de “uma empresa que entraria no projeto” eu doava mais dinheiro ainda…E no fim da história, depois de pouco mais de um ano e com R$25 mil arrecadados(!!), eles anunciaram que iriam encerrar as atividades.

Não preciso dizer que fiquei frustrado.

Mas a frustração se transformou em revolta, em sentimento de enganação. Isso porque, mais de dois meses depois. Eles não apresentaram nenhuma prestação de conta.

Até hoje não disseram quanto foi arrecadado com a venda de camisas, revistas, adesivos, ligações para o Disk que eles criaram. Fora a publicidade do site.

O estatuto da OnG diz que tudo que fosse arrecadado pela Cooperfiel seria revertido para a construção da “arena multiuso”, orçada em R$350 milhões!!!

Não sei onde eu estava com a cabeça.

É só pensar: o Criança Esperança com toda a midia que tem, não arrecadou nem um terço disso, em não sei quantos anos de exibição.

O pior é que por uma curiosidade mórbida, liguei esses dias para o tal Disk e ele continua operando!!!

Como pode!? para quem está indo esse dinheiro? tem alguém lucrando com essa idéia?

São perguntas que não me saem da cabeça.

Outra coisa, segundo o estatuto, se a arrecadação não fosse suficiente para construir o estadio, parte do dinheiro iria para um instituição de caridade e outra para o clube.

Onde estão os comprovantes dessas doações?? Elas foram feitas? Quando? Onde? De que maneira? Mais perguntas.

Mandei varios e-mails para os responsaveis, mas eles não me respondem. Apenas dizem que “fizeram tudo que podiam”, que “amam o Corinthians” e que a “Luta ira continuar”.

 Mas e quanto a tal transparencia que eles tanto apregoavam no site?

A mesma transparencia apregoada pelo Sr. Andrés Sanches, que fazia parte da tesouraria da ONG.

Onde esta a transparencia?

 Não sei o quanto que doei para a ONG, não que não tenha como. Os comprovantes de depósito estão guardados, apenas não tive coragem ainda.

Já não consigo enviar e-mails para os responsaveis pela ONG, acho que bloquearam meu e-mail.

Vejo que eles não tem respostas para as minhas perguntas.

Por fim só sobrou o sentimento de enganação, de ter sido roubado por um grupo que se aproveitou da paixão imensa e irracional que todos os corinthianos tem pelo Corinthians.

Hoje a unica coisa que posso dizer é:

Me chamo Alberto Rosa, sou corinthiano e FUI ENGANADO.

Atenciosamente

Alberto Rosa  

Atacante novo no Tricolor

 O São Paulo contratou Eder Luis, atacante do Atlético/MG, por empréstimo.

Uma boa aquisição.

Não só pelo futebol, mas porque o atleta pediu para jogar no tricolor.

Meio caminho andado para uma boa recepção.

Para o Atlético/MG foi bom como negócio, se atuar bem vai se valorizar e todos ficarão felizes.

Do contrario retorna ao Galo, onde foi artilheiro.

Paulinho na ACEESP

Caro Paulinho,

Na condição de presidente da Comissão de Sindicância da ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo) que está investigando os fatos veiculados na Internet sobre supostos atos ilícitos e imorais praticados pelo site Futebol Interior, o convido a participar da reunião da Comissão que será realizada terça-feira (26/2), às 13h30,  na sede social da entidade (Avenida Paulista, 807, 9º andar) e que contará também com a presença do presidente da diretoria, Ricardo Capriotti.

Atenciosamente,

Luís Augusto Monaco

A fúria de Vampeta

Andres Sanches curtia a noite paulistana ao lado de seu amigo Mané da Carne.

Estavam no bar Salinas, conhecido “point” de São Paulo.

salinas.jpg

Vampeta, ex-Corinthians, badalava em outra casa noturna.

O Santa Aldeia.

Informado por amigos onde o presidente do Corinthians se encontrava o velho Vamp não teve duvidas, largou tudo e foi para lá.

Qual seria o motivo de tanto desejo de encontrá-lo ?

Testemunhas afirmam que Andres ficou branco quando o viu.

Mané logo tentou apartar.

Vampeta estava possesso.

Gritava alto para que todos pudessem ouvir:

“Andres, seu vagabundo, desgraçado”

“Você mentiu para mim”

“Safado”

O presidente do Corinthians teria retrucado:

“Vampeta, eu não tenho culpa, não sou o treinador da equipe”

Foi duro segurar o jogador.

Que promessa seria essa que fez o atleta ficar tão nervoso, a ponto de querer agredir Andres Sanches ?

É o segundo ex-atleta do Corinthians que faz acusações semelhantes contra ele.

Primeiro foi Ronaldo, ex-goleiro, que chamou Andres de mentiroso e disse não acreditar mais em sua palavra.

Realmente o tempo é o senhor da razão.

O drama de Ronaldo

 Ronaldo vive mais um drama.

Dentre os muitos que sua vida já lhe reservou.

Deve ficar quase um ano parado.

Tempo de sobra para refletir.

Será que vale a pena voltar ?

Em 2002 valia.

Ainda jovem Ronaldo buscava o feito de sua vida.

E conseguiu.

Levou a Seleção Brasileira ao título mundial.

Sua performance surpreendeu o mundo.

Daí para frente o que viesse era lucro.

Não consigo encontrar algo que possa motivá-lo a voltar.

Ricardo Teixeira já o condenou.

Antes da contusão, ele sabia que não seria mais convocado.

Na Europa já é um mito.

Financeiramente não terá problemas.

Se eu fosse Ronaldo, após a recuperação, jogaria seis meses no Flamengo (clube de coração dele), encerraria a carreira e iria curtir a vida.

O futebol já deu o que tinha que dar em sua vida.

A fratura de Eduardo


O lance é impressionante.

A entrada do zagueiro Martin Taylor em Eduardo da Silva criminosa.

Só um milagre pode recuperá-lo para a carreira.

Meu amigo Vitor Birner não tem a mesma opinião.

Disse-me que o zagueiro não é violento e nem cartão amarelo havia tomado ainda em 12 partidas disputadas.

Que acontecem inúmeras entradas dessa no Campeonato Inglês.

Pode até ser que a intenção não tenha sido de quebrar, mas é difícil não acreditar que ele não teve a intenção, no mínimo, de fazer uma falta violenta.

O que já seria motivo para puni-lo severamente.

A reação do atleta após atingir Eduardo me faz crer nessa hipótese.

Mas quebrou um colega de profissão.

E tem que ser punido.

Placar injusto no Paulistão

 O Palmeiras foi melhor.

Embora ainda desorganizado.

A fraca equipe do Rio Preto apenas se defendia.

Valdivia jogou muito.

E apanhou demais.

Mesmo assim foi dele o gol palestrino.

Tudo indicava uma goleada.

O Rio Preto achou um gol.

O desespero bateu.

No final pênalti em Leandro.

O arbítrio não marcou.

Achei que foi.

Mas o próprio atleta disse não ter havido nada.

Em resumo.

O resultado foi injusto.

ÉCO-ESTÁDIO???? Ou BRÉJO-ESTÁDIO

 Por Pajé

http://globoesporte.globo.com/ESP/0,,GEN937-6081,00.html

O que dizer dos que elogiam o ECO-ESTÁDIO do jotinha? Pode até ser uma opção que esteja ecologicamente correta, mas não pode passar imune às gozações.

Cadeiras de plástico fixadas diretamente nos barrancos!!!

Se chover um dia antes e também na hora do jogo, a enxurrada transforma o barranco em lama e o torcedor vai, sentado na sua cadeirinha escorregando direto pro Rio Barigui…. kakakaka! De futebol pra ski-bunda.

Melhor avisar o Corpo de Bombeiros pra ficar de prontidão na Ponte, esperando os torcedores passarem aos rôdos, e evitarem afogamentos, ou então vamos ter que buscar metade da Fanáticos lá nas Cataratas do Iguaçú.

Manchete da segunda: Eco-Estádio, vira Bréjo-estádio!… estádio se desmancha com a tromba d’agua, leva torcidas rio abaixo…. kakakaka

PROMOÇÃO AO TORCEDOR: Concorra ao sorteio de um passeio grátis de uma semana em viagem pelo Rio Iguaçu até sua Foz, com ingresso cortesia no parque das Cataratas! … aproveitem!

Foto: JMalucelli

A alegação de reciprocidade no preço do ingresso, comparando-o ao valor cobrado na Baixada (R$ 30) não se sustenta, pois a estrutura e serviços se diferenciam. Fica evidente a esperteza na oportunidade de explorar o torcedor.

ACEESP investigando o Futebol Interior

COMUNICADO

Caro Edgar,

Na condição de presidente da Comissão de Sindicância da ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo) que está apurando os fatos veiculados na Internet sobre os supostos atos ilícitos e imorais praticados pelo sítio Futebol Interior, o convido a participar da reunião da Comissão que tratará do assunto na próxima segunda-feira, dia 25/2, às 13h30, na sede da entidade (Avenida Paulista, 807, 9º andar).

Para seu conhecimento, este convite será colocado no

sitío da ACEESP.

Atenciosamente,

Luis Augusto Mônaco

Por que só agora ?

 Flamengo e Botafogo fazem a final da Taça Guanabara.

Ambas as equipes estavam com salários atrasados.

Ontem, dois dias antes da derradeira partida, um milagre aconteceu.

Como num passe de mágica, o dinheiro surgiu no caixa dos clubes.

Todos os atrasados foram pagos.

Deve ser coincidência.

A ditadura da bola

 POR ROBERTO VIEIRA

http://oblogdoroberto.blog.terra.com.br/

Esta semana Fidel Castro renunciou à presidencia de Cuba. Um fato inédito. Ditadores normalmente morrem ou são mortos no poder.

No entanto, outra ditadura anda por aí desenvolta.

A ditadura da bola.

Você já pensou na CBF?

Tudo começou democrático. Álvaro Zamith ocupou a presidencia durante um ano em 1915/16.

Saiu para dar lugar a Arnaldo Guinle. Um grande dirigente tricolor que mudou a face do Fluminense para sempre.

Guinle entregou o cargo para Ariovisto de Almeida Rêgo após quatro anos. E os cartolas foram se revezando.

Até chegarmos a João Havelange em 1958. Havelange também era tricolor como Guinle, mas decidiu ficar no cargo até 1975.

Só saiu pra assumir a FIFA.

Depois dele, Heleno Nunes e Giulite Coutinho comandaram o futebol durante cinco anos. Octávio Pinto Guimarães, seis.

E veio Ricardo Teixeira em 1989. Quase vinte anos atrás.

Quando Ricardo Teixeira foi eleito, a Argentina era campeã do mundo, Collor favorito nas pesquisas, Berlim tinha muro e Nabi Abi Chedid era um conhecido adversário político de Teixeira.

Tudo isso caiu por terra.

Mas o exemplo de Ricardo Teixeira não é um exemplo solitário no mundo do futebol.

Antes pelo contrário. A ditadura impera no futebol.

Aqui em Pernambuco, tivemos Rubens Moreira, o vice-rei do Nordeste. Durante vinte e sete anos presidente da FPF.

Na Argentina, o presidente Julio Grondona está no poder na Confederação desde 1979.

E a FIFA?

Jules Rimet ficou no cargo durante 33 anos. Sir Stanley Rous, 13 anos. Havelange e Blatter nem se fala.

O futebol pode ser o esporte mais democrático do mundo dentro das quatro linhas. Nas arquibancadas.

Mas nos bastidores do poder, ainda impera a ditadura da bola.

Uma ditadura sem coturnos, sem chuteiras. Onde se degustam charutos Havana.

Edmundo, novamente…

 O jogador Edmundo aprontou novamente.

Discutiu com o treinador, Alfredo Sampaio, e abandonou o treino vascaíno.

Já em final de carreira, o atleta demonstra que a vida pouco ou talvez nada tenha lhe ensinado.

Poderia ter sido um dos maiores do mundo.

Utilizado o dinheiro e a fama conquistada para melhorar sua educação e nível cultural.

Preferiu os inferninhos do Rio de Janeiro.

Temo por seu destino após largar as chuteiras.

A vida cobra.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: