Advertisements
Anúncios

Edgard Soares, por Andres Sanchez

 —–Mensagem original—–
De: RAFAEL [mailto:]
Enviada em: sábado, 26 de janeiro de 2008 01:30
Para: Comunicacao Corinthians
Cc: Presidencia
Assunto: Fale com o Presidente [19943]

MENSAGEM DO FALE COM O PRESIDENTE

Nome: RAFAEL
E-mail:
ID de Cadastro: 63047
Data: 1/26/2008 2:30:26 AM
Mensagem: Ola Andres,

Espero que essa msg chegue ao senhor.
Nao pense que o povo corinthiano é burro! as denuncias sobre o site
futebointerior sao gravissimas e um dos envolvidos é conhecido como
seu amigo entao espero que o senhor pense 2 vezes antes de fazer
negocios com seu amigo “honesto”Edgar Soares. A nacao corinthiana
nao é burra e se vc quiser o bem do nosso Corinthians pense bem 2
vezes antes de ouvir ou colocar o nome do Corinthians ao lado desse
cidadao mal carater! Ja basta o Dualib

———- Forwarded message ———-
From: Comunicacao Corinthians <comunicacao@sccorinthians.com.br>
Date: 28/01/2008 13:19
Subject: RES: Fale com o Presidente [19943]
To: RAFAEL >

Rafael, bom dia!!!

Gostaria de deixar bem claro que o Sr. EDGARD SOAREZ jamais foi classificado como meu amigo muito pelo contrário, não dei oportunidade pra ele na minha diretoria justamente porque já sabia das suas falcatruas no meio do futebol.

Sua informação está equivocada.

Abs,

Andrés Sanchez

Nota do blog: Com que cara vai ficar o presidente do Corinthians se o projeto de estádio apresentado pelo “honesto” Edgard Soares for o vencedor ?

Advertisements
Anúncios

A reunião na ACEESP

 Estive ontem na ACEESP.

Tenho boas notícias.

Apresentei algumas provas e contei minha versão.

Não posso ainda entrar em detalhes porque prometi sigilo para que as investigações não sejam prejudicadas.

Elcio Paiola, Edgard Soares e o ex-goleiro Zetti já haviam sido ouvidos.

Estiveram presentes os membros da comissão, além de Ricardo Capriotti e João Zanforlin.

Todos se portaram com correção.

Resta saber o posicionamento da diretoria que é quem realmente vai decidir pela expulsão ou não dos acusados.

Não acredito que consigam escapar dessa.

As provas são irrefutáveis.

Agressor desmascarado

pastorasno.jpg

A foto acima é do sujeito conhecido como Pastorelli.

Ele que me ameaçou antes da reunião na ACEESP.

É conhecido defensor de Milton Neves.

Participou de encontros de confraternização com o jornalista.

Ao comentar sobre o “encontro” demonstra ter intimidade com o animador de auditório.

encontromilton1.jpg

Milton costuma muito citar o seu nome nos programas de rádio que apresenta.

O rapaz se considera um “teletrinzista”.

teletrim.jpg

Simpatizante dos Gaviões da Fiel, tem o hábito de me difamar no Orkut.

Abaixo demonstra que seu alvo também é Juca Kfouri, que por “coincidência” não é querido por Milton Neves.

ataquejuca1.jpg

Você vai ler abaixo uma pergunta de um amigo dele, do Orkut.

Note a intimidade que possui com o tal “Cabeção”.

mn11.jpg

mn21.jpg

Será que preciso dizer mais alguma coisa ?

Quase absolvido

 Martin Taylor, o zagueiro inglês que quebrou a perna do brasileiro Eduardo Silva, no minimo em uma jogada imprudente, já recebeu a sua punição.

Vai ficar de fora por três jogos.

Gostaria de entender o critério de quem julgou.

Digamos que a perna do atleta não tivesse sido lesionada.

O carrinho, com o pé na altura em que estava, mereceria uma punição muito mais pesada.

Encontramos um local pior que o STJD.

Do blog do Tutty Vasques

 http://blog.estadao.com.br/blog/tutty/

Relaxa e vaia

por Tutty Vasques, Seção: Ô, raça! s 06:16:42.

Lula vai à favela da Rocinha no dia 7 de março.

O ensaio-geral para a vaia no presidente será no próximo fim de semana na quadra da escola de samba do morro.

O carioca não pratica seu esporte preferido desde a abertura do Pan.

IURD vs. Imprensa

 Do Observatório da Imprensa

http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/artigos.asp?cod=474JDB004

 O segundo chute na santa

Por Nelson Hoineff em 26/2/2008

A decisão da Igreja Universal do Reino de Deus de intimidar a imprensa por meio do conjunto orquestrado de ações contra a jornalista Elvira Lobato e diversos jornais – entre eles O Globo, Extra e Folha de S.Paulo – é em si um dos mais graves atentados contra a liberdade de expressão já cometidos no Brasil. Pior talvez tenha sido a iniciativa de usar o jornalismo da TV Record (Domingo Espetacular, 17/2) para desfechar um inédito ataque de 15 minutos contra a repórter da Folha.

Pior, porque a Record admitiu aí o que vinha tentando negar há anos: a ligação direta entre a emissora e a Igreja Universal. Pior, porque utilizou jornalistas – que deveriam estar ali para praticar jornalismo – com o propósito de participar de uma campanha contra o próprio direito de praticar o jornalismo. Pior, finalmente, porque utilizou a força da televisão aberta no país para disseminar um cardápio de cunho fundamentalista entre camadas particularmente pouco educadas da população.

A utilização do jornalismo da Rede Record para este fim ergue uma enorme barreira para que a emissora conquiste a credibilidade necessária para demonstrar que seus recentes saltos de audiência não são efêmeros. Essa é uma questão particularmente delicada para o futuro da TV aberta no país – e para a participação dos anunciantes no que vinha sendo uma alternativa à hegemonia da Globo no setor. Desde que apostou na clonagem da Globo como meio para ganhar fatias expressivas de sua audiência, a Record se expandiu por todos os lados. Aumentou em quase 50% sua participação no mercado, construiu núcleos de dramaturgia fora de São Paulo e aumentou consideravelmente o seu índice de profissionalização.

Um “milagre” registrado

A estratégia de se tornar mais parecida com a Globo do que a própria Globo deu certo. Uma das ferramentas mais importantes para isso foi justamente o jornalismo. A emissora ampliou fortemente sua participação nessa atividade e criou a primeira rede aberta de notícias do país. Teve a seu favor uma histórica desconfiança popular em relação ao jornalismo de sua maior concorrente – além do folclórico desinteresse de Silvio Santos em caminhar neste sentido.

Escancarar o tipo de “jornalismo” que a Record produziu na edição do Domingo Espetacular de 17/2 é de longe o maior erro estratégico cometido pela emissora desde que foi adquirida por Edir Macedo. O preço para consolidar a Record como porta-voz da Igreja Universal, particularmente em meio a um grande movimento de repressão à liberdade de expressão, provavelmente se revelará alto demais para a própria igreja. Seus efeitos tendem a ser mais devastadores que os do chute na santa.

O episódio, como muitos se recordam, ocorreu em 12 de outubro de 1995, dia de Nossa Senhora da Aparecida, a padroeira do Brasil. O bispo da Igreja Universal Sergio von Helde tacou uma imagem de Nossa Senhora a pontapés, dizendo que aquilo nada mais era do que um monte de barro, “um bicho tão feio, tão horrível, tão desgraçado”. Os efeitos foram devastadores.

Apesar de o programa ter ido ao ar durante a madrugada, a imprensa o repercutiu e a reação popular foi enorme. A Igreja Universal não se manifestou oficialmente, mas o bispo Macedo teve que vir à cena pedir desculpas aos católicos. O bispo von Helde foi transferido para a África do Sul. Mais tarde, correu o boato – nunca confirmado – de que ele havia se convertido ao catolicismo, fato que, de qualquer maneira, a dupla Felipe e Falcão cantou em O Milagre da Santa, gravado em 2000.

Investida contra a sociedade

O chute na santa foi também o estopim que a Globo esperava para desfechar uma grande campanha contra a Igreja Universal, que incluía a divulgação de imagens de bispos tramando os métodos para tomar dinheiro dos fiéis, além de denúncias sobre enriquecimento ilícito de membros da igreja. As reações incluíram ainda, ironicamente, o ajuizamento de dezenas de ações por todo o país contra a Universal.

Os resultados foram menos devastadores do que a Globo esperava. Sobreviver foi quase um milagre, mas ainda assim a igreja levou anos para se recuperar do golpe. Na Record, ninguém mais chutou publicamente santa alguma. Contudo, a influência da igreja junto à programação se tornou cada vez mais explícita. Foi justamente o jornalismo que serviu de aval para manter a aparência de independência da emissora em relação à igreja (com a qual, em tese, a Record não mantinha vínculo algum, exceto o comercial, representado pela compra de espaços durante as madrugadas).

O fim da era Boris Casoy veio junto com uma campanha agressiva e bem-sucedida para tomar a vice-liderança de um SBT engessado e envelhecido. A Record se fortaleceu e passou a criar atritos politicamente convenientes com a líder, encostando nela freqüentemente e empurrando o mercado nessa direção. A credibilidade de um jornalista como Casoy jamais foi substituída, mas a imagem de independência perdurou em grande medida até o domingo (17/2).

A execração primária de uma jornalista como Elvira Lobato vai além de picuinhas comerciais com empresas do porte da Globo, da Folha, do SBT. Aponta para a manipulação grosseira de profissionais do jornalismo que atuam dentro da emissora e para a intimidação de jornalistas que atuam fora dela. Isso nada tem a ver com fé, mas tem tudo a ver com ética e com a observância de preceitos constitucionais. Ao atacar a jornalista da Folha com a leviandade com que o fez, a emissora investiu contra a sociedade brasileira e contra a liberdade de expressão que ela conquistou – um bicho tão feio, tão horrível, tão desgraçado.

A ética de Luxemburgo

 Vanderlei Luxemburgo não tem limites.

O presidente da torcida Jovem do Santos declarou que o treinador deu dinheiro para a facção organizada.

“O Vanderlei Luxemburgo (técnico do Palmeiras) ajudou a escola de samba no Carnaval, mas isso não tem nada haver com a situação; ele (Leão) está desviando o foco.”

Uma vergonha.

Começo a acreditar que Leão tem razão.

A organizada do Santos vem realizando uma estranha campanha contra o clube.

Antes do inicio do campeonato.

Havia algo de podre pairando no ar.

Era o dinheiro de Luxemburgo.

A vida que escolhi

Refleti muito durante o dia de ontem.

Cheguei à conclusão de que o ser humano está doente.

Aceita a corrupção como se fosse algo natural.

Hostiliza quem a combate

Principalmente se o corrupto for de seu convívio social ou fizer parte de seus planos comerciais ou políticos.

Quando comecei a denunciar a corrupção no Corinthians, muitos me apoiaram.

Era de interesse de vários, afinal, quem não queria a queda de Dualib.

Durante o processo de investigação percebi que Dualib não estava só.

E outros nomes e ações passaram a fazer parte das publicações desse blog.

Muitos do que me elogiavam passaram a me criticar.

Muita gente sentiu que seus interesses seriam afetados, sejam eles quais fossem.

Não conseguiam desmentir as minhas denuncias e passaram a utilizar o recurso dos covardes.

Ameaças e tentativa de desqualificação suja.

Os mesmo que me exaltavam passaram a me qualificar como testa de ferro de diretores e jornalistas.

Não havia limites para as mentiras.

Criaram sites e comunidades de Orkut.

Não obtiveram êxito, mas como bons soldados do poder corrompido, continuam tentando.

Só que agora mudaram o foco.

Semanas atrás desmascarei o site estelionatário denominado Futebol Interior.

Com provas irrefutáveis.

Fui chamado para ratificar a denuncia na ACEESP.

E é o que farei.

Com imenso prazer.

Sentimento que tenho ao ver que gente como Artur Eugenio e Edgard Soares foram pegos com a mão na massa.

Mesmo assim essa gente luta para não largar o osso.

Durante a semana mentiram e novamente não desmentiram o que publiquei.

Sabem que não há como ir de encontro às provas.

Estão derrotados.

Da mesma maneira que aconteceu no Corinthians, eles recorreram ao ato covarde.

Passaram uma semana inteira publicando artigos difamatórios e desprovidos de verdade.

Aumentaram a sua extensa lista de crimes.

A cada dia que o meu depoimento se aproxima o desespero aumenta.

Passaram a me ameaçar.

E encontraram parceiros para isso.

Gente que representa o que há de pior na imprensa mais uma vez tomou o partido dos bandidos.

Confesso não ter ficado surpreso.

Embora acredite que só alguém com divida de gratidão a essa gente poderia entrar nessa barca furada de bandidos que obviamente já estão condenados.

Até os difamadores do Orkut comemoraram os “Os delírios de um ladrão de carga e seu amigo estelionatário”.

Realmente o ser humano tem problemas.

Ontem especificamente recebi muitas ameaças.

Tentavam intimidar a minha presença na ACEESP.

Falaram que tinham “dossiês” de minha vida.

Pedi que os publicassem.

Outros que me pegariam na saída.

Até um imbecil, cujo perfil de Orkut e foto publicarei abaixo, se identificou como membro do programa “Na Geral” da rádio Bandeirantes.

pastorasno.jpg

pastorgavioes.jpg

http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=8284196701868068993

Disse os maiores impropérios.

Falou que Milton Neves estava com Edgard e que ele iria me destruir.

Que estavam armando a minha prisão para que fosse eliminado dentro da cadeia por um tal “Carioca”.

Deixou o telefone de contato e me desafiou a participar do programa.

Confesso, não liguei, e nem sei se ele realmente é o que diz ser.

Tinha muito mais a fazer, fui para a Faculdade.

A única coisa que posso dizer é que essa é a vida que eu escolhi.

Estou feliz.

Não temo bandidos.

Poucas vezes me senti tão útil em minha vida.

Faço jornalismo visando o bem publico.

Não escrevo para agradar ninguém.

Trabalho da maneira que sempre achei que alguém que ocupa a função de jornalista deveria fazer.

Honro com minha palavra.

Não sou traíra.

Admiro e gosto demais de Juca Kfouri.

Tenho a mesma consideração por ele que um filho teria por um pai.

É um homem de bem.

Não merece a podridão que sai da boca de gente que não é apta para conviver com habitantes de esgoto.

Só publico o que quero e quando quero.

Nunca recebi ordens de ninguém.

Ao contrario dessa gente fétida que paira sobre a cidade de Campinas.

Gente que ainda não aprendeu que a intimidação não me cala.

Pelo contrario, é o meu estimulo.

A vida de vocês vai ser diferente depois da minha visita a ACEESP.

A farra acabou.

Palestra vetada

 Vocês se lembram quando publiquei que a palestra de Milton Neves havia sido cancelada na UNINOVE ?

O motivo, segundo apurei no local, seria uma mobilização de alunos e professores contra a sua participação.

A alegação é que sua presença poderia prejudicar o entendimento do curso.

Principalmente no quesito “ética”.

Milton Neves, amigo do reitor, conseguiu uma carta que desmentia a minha informação.

Mesmo com varias testemunhas de que até no site da universidade ela havia sido anunciada.

Foi uma atitude lamentável.

Ontem pela manhã dei uma palestra para uma turma de jornalismo da Faculdade.

Dois dos alunos resolveram contar a verdade.

Ouça abaixo.

O mico de Bebeto

 Eu respeito Bebeto de Freitas

É diferente de muitos no futebol brasileiro.

Parente de João Saldanha, com quem deve ter aprendido muito sobre a vida.

Mas as pessoas de bem também cometem erros.

A renúncia nos vestiários do Maracanã com certeza foi um deles.

Vai ter que agüentar a gozação.

Que mico.

Coluna do Fiori

fiori_g.jpg  

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADEFiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.br

E-mail: caminhodasideias@superig.com.br 

SERIE A1

PONTE PRETA X CORINTHIANS

Pela TV Bandeirantes, acompanhei a partida arbitrada por Marcelo Rogério, que conheço desde menininho, por ser filho de Gustavo Caetano Rogério, ex-funcionário da FPF, com quem tive algumas discordâncias, participo aos detratores, que se escondem no anonimato ou usam pseudônimos, que não costumo misturar alhos com bugalhos, farei a analise sobre o ângulo de minha visão e pelo que vi pelas câmeras da TV Bandeirantes.

O cartão amarelo mostrado para Leandro da Ponte, não me convenceu, e ao Dentinho do Corinthians também não, alem destes, entendi como corretos aos corintianos: Carlão, Fabinho e Acosta, bem como para os pontepretanos: Renato e Cesar

MAIOR ERRO DA ARBITRAGEM

Em relação ao lance de Acosta, que finalizou para o gol e teve o lance antecedente anulado pela marcação do auxiliar de nº02, apontando impedimento que foi corroborado por Marcelo Caetano, entendo que errou o auxiliar, porem, errou muito mais o árbitro, que não estava corretamente posicionado, antes da batida da falta, deveria de estar na diagonal, mais próximo da entrada da grande área e, pelo lado esquerdo do ataque, entendo que se estivesse na posição correta, o árbitro, dominaria toda a trajetória da bola.

O DITO PELO REPORTER DA TV

Surpreendente, foi o dito pelo repórter de campo da TV Bandeirantes, logo ao inicio da segunda etapa, informando que conversou com o árbitro, este não quis gravar, porem, lhe participou que no lance acima descrito, entrou na marcação de seu assistente, captei este subterfúgio, como desculpa para não assumir seu erro, acatando a marcação de seu assistente, Marcelo, tornou para si a responsabilidade, ao menos, era desta maneira que fazia ao tempo em que arbitrava, batia a mão no peito, demonstrando a todos que o lance era meu, tenho como testemunha, muitos que comigo atuavam, se algo tinha a dizer, fazia diretamente, publicamente, assumia e fim de papo.

Entendo também, que lhe faltou critério na marcação das faltas.

PALMEIRAS X RIO PRETO

Wanderlei Luxemburgo aporrinhou o quarto árbitro, este relevou por muito tempo, quando as palavras extrapolaram, chamou ao árbitro central, lhe participou do ocorrido e este expulsou o falastrão. Posteriormente, deixou claro que continuara a chatear os representantes das leis do jogo, que estando na área técnica, ninguém pode impedir.

Luxemburgo é conhecedor que neste espaço, somente são permitido, instruções, nada de abusar ou agitar, ele que se intitula malandro fino, como sempre, usa do surrado expediente de antecipar possível desclassificação, nas arbitragens.

ENTREVISTA

Seguindo com suas insinuações, o técnico palmeirense, declarou que ao tempo, em que trabalhava no Santos, o árbitro Paulo Roberto Ferreira, que atuou e o expulsou diante do Rio Preto, por ser vendedor de seguros, tentou lhe vender alguns destes papeis, com não foi bem sucedido, talvez tenha descontado ao eliminá-lo do banco do Palmeiras.

Em Tempo: Quando militei na arbitragem, repudiava tais e possíveis relacionamentos, ouvi relatos de Emilio Colella Jr, amigo de alguns e sabedor de que diziam, outros, tinham por habito presentear dirigentes e funcionários da federação ou alguns de seus familiares.

SÃO PAULO X NOROESTE

Não ficarei divagando, uma vez que não assisti ao jogo no seu todo, o que vi me alentou, a expulsão do são paulino Richarlyson, de há muito, vem batendo e com vontade em seus oponentes, em algumas de suas entradas, Richarlyson, em meu entender foi maldoso, porem no hoje, encontrou o merecido cartão vermelho, espero que do aqui para frente, se dedique a ser menos faltoso e menos desleal, saber jogar, sabe.

COMISSÃO DE ÁRBITROS DA FPF

Esta comissão é presidida pelo coronel Marinho, tendo como auxiliares: Artur Alves Jr, a quem conheço desde seu inicio como aluno da escola de árbitros. Carlos Donizete Pianósqui, que comigo trabalhou em algumas partidas, atuando como bandeirinha, função que exerceu regularmente, lembro-me que até então era bem medroso, porem simples e cordato, no hoje por algumas vezes nos cruzamos e o mesmo parece ter o rei na barriga. Almir Alves de Mello, amicíssimo do presidente do SAFESP e Silvia Regina, ex-arbitra que também conheço desde seu inicio de seu caminhar pela escola de árbitros; flui com regularidade nos bastidores da federação.

ESCOLA DE ARBITROS DA FPF

Diretor: Roberto Perassi, tendo como secretario; sérgio correia da silva, presidente do SAFESP e ligadíssimo do deputado aldo rabelo, ambos em minúsculo.

LEMBRANDO

Em coluna sobre sua responsabilidade, publicada no jornal Diário de São Paulo, datada em 06/02/08, Ancelmo Góis, nos lembra que nesta mesma data há 400 anos, nasceu Padre Antonio Vieira, ainda não havia cartão corporativo, mais em seus sermões já denunciava a corrupção.

Acorda Brasil.

SP/25/02/08

Esta coluna é de minha inteira e total responsabilidade e é publicada pelos blogs:

blogdopaulinho.wordpress.com

pitacosdobodaum.zip.net

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: