Norton Gabriel Torres

Ontem, numa postagem crítica deste blog à ABI (Associação Brasileira de Imprensa) – da qual sou filiado, realizada em 2020, encontrei um comentário, com a assinatura ‘fake’ de um tal ‘Cesário Oliveira’, tentando cooptar profissionais de imprensa à ABRICOM (Associação Brasileira de Imprensa e Comunicação), que sobrevive do comércio indiscriminado de carteirinhas.

O golpe, que consiste em aproveitar-se do engajamento de publicações sobre o tema, ainda que antigas, faz parte de tática agressiva, e nada ética, do submundo da internet.

Diferentemente da ABI, a ABRICOM defende a ausência de diploma para jornalistas.

Encontramos comentários de ‘Cesário Oliveira’, no mesmo teor do enviado ao Blog do Paulinho, noutras publicações, em sites distintos.

Prática iniciada, ao que parece, há pouco mais de um mês.

Nós, por óbvio, barramos a iniciativa; os demais caíram no conto do vigário.

É pouco provável que a ABRICOM, única beneficiária da esperteza, presidida pela irrelevância de Norton Gabriel Torres, desconheça a operação.

Facebook Comments
Advertisements