Advertisements
Blog do Paulinho

Justiça nega liminar para credenciamento do UOL em jogos do Santos

O Blog do Paulinho, em solidariedade ao UOL, não está cobrindo o Santos Futebol Clube, que, em decisão autoritária, proibiu credenciamento de profissionais do portal para a cobertura de jogos e demais atividades da agremiação.

Por conta de notícia relevante a toda classe jornalística, abriremos uma exceção.

No último dia 25, o UOL ingressou com ação judicial contra o Santos e a CONMENBOL, que, solidariamente, participa da censura.

Inacreditavelmente, o pedido liminar foi negado pelo juiz Joel Birello Mandelli, da 6ª Vara Cível de Santos, sob alegação de que havia necessidade de escutar os argumentos da agremiação:

“(…) o pedido de antecipação dos efeitos da tutela será apreciado após o decurso do prazo para contestação. A decisão poderá ser reconsiderada a qualquer tempo, após manifestação da ré”

A documentação juntada pelo UOL no processo é esclarecedora.

Além de explicar que o fato se originou após coluna de Juca Kfouri, que, em ironia, tratou o futebol do Peixe como se fosse do ‘Ninguém FC’, o portal comprovou pedido de credenciamento negado ao jornalista Lucas Musetti Perazolli, sem que justificativa (que foi cobrada) plausível tenha sido apresentada.

Ou seja, o UOL segue censurado por ação lamentável da diretoria do Peixe – o que, no contexto do submundo esportivo, é padrão de comportamento – e pela omissão, estranha, de um membro do judiciário que parece não dar importância ao texto da Constituição.

O caminho natural será o recurso.

Enquanto conselhos e diretorias de clubes seguirem se misturando a membros do judiciário decisões como esta, que afrontam o Estado de Direito e, por consequência, a sociedade, sempre serão passíveis de desconfiança.

Facebook Comments
Advertisements

2 comentários sobre “Justiça nega liminar para credenciamento do UOL em jogos do Santos

  1. guest

    Esperando a mesma indignação em relação à demissão do Morsa da Transamérica (falou bobagem assim como o Kfouri).

  2. Teresinha Mohr Winter

    A par disso, as partes vão gastando uma baita grana com advogados. É o que querem. Tem de alimentar esse monte de advogados que existem no país.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: