Advertisements

Golpista utiliza, indevidamente, nome da ‘FIFA’ para criar Liga de Futebol

Solito Alves

Há algumas semanas, surgiu, na internet, o site ‘FIFA Independente’, inserido no domínio ‘http://fifaalternativo.com.br‘, registrado, no dia 09 de abril, em nome de Ingrid Colin Alves dos Santos.

Trata-se, tudo indica, de uma ‘laranja’.

O gestor do negócio é velho conhecido do submundo da bola, respondendo pelo apelido ‘Solito Alves’, ex-goleiro (não confundir com o ídolo da Democracia Corinthiana, embora tenha passado, sem ser notado, pelo Timão), treinador colecionador de fracassos, dono de equipes utilizadas como ‘fachadas’ para ‘golpes’, e, que agora, tenta viabilizar uma Liga esportiva.

Seu nome verdadeiro é Joselito Alves do Santos; Ingrid, a suposta ‘laranja’, é sua filha, o que demonstra bem a falta de limites do sujeito.

Ingrid Colin

]

A utilização da marca ‘FIFA’ e de logo semelhante ao da entidade – que já foi comunicada sobre a ilegalidade – são evidentes subterfúgios para facilitar a cooptação de possíveis vítimas.

No site, é contada, com erros gramaticais notórios, que a ‘Federação’ surgiu em 2018, quando, em verdade, inexiste qualquer comprovação documental dessa existência antes de abril de 2021 (menos de um mês), data em que formalizou-se a compra do domínio de internet – pago pelo período de apenas um ano, indicando prazo curto de operação.

Nas redes sociais, Solito tem anunciado a realização de Taças São Paulo de Futebol Sub-20 e Sub-23, além de um torneio Rio-São Paulo, em que seriam inscritas dezesseis equipes de cada Estado.

O Blog do Paulinho teve acesso ao áudio de uma conversa entre o golpista e um dos proprietários de equipes que estavam interessadas em participar desses campeonatos.

Trata-se de um diálogo estarrecedor.

Solito, em meio ao direcionamento da vítima ao site da ‘FIFA”, confirmou que, em grave descumprimento da legislação, não enviará ambulâncias aos estádios de futebol, alegando ‘contenção de despesas’.

Chegou a ironizar comparando o procedimento aos de campeonatos varzeanos.

Confira a íntegra do bate-papo, em detalhes, no vídeo abaixo:

Entramos em contato com Solito Alves, mas não obtivemos retorno.

Aguardamos, também, posicionamento da FIFA, prometido para os próximos dias.


A Folha corrida de Solito Alves

Solito Alves sobrevive, entre outras coisas, de tomar dinheiro de jovens jogadores sob promessas de inseri-los nas equipes pelas quais, por vezes, é contratado para treinar, ou de agenciá-los para outras agremiações.

Porém, nem sempre age como prometido.

Em muitas oportunidades, Solito teria embolsado o dinheiro, sem repassá-lo aos clubes indicados.

Selecionamos duas, dentre várias acusações que pairam sobre o dono da ‘FIFA’, uma delas pela qual já foi condenado pela Justiça de São Paulo..


Caso Afogadense

Em 2015, os garotos Firmino e Derick foram levados por Solito ao Afogadense, de Pernambuco, sob a promessa de tornarem-se jogadores profissionais de futebol.

A dupla reclamou, à época, para o ‘Blog do Finfa’:

“Estamos aqui desde 17 de maio, através do Solito, com promessa de salário de R$ 800,00 por mês, mas não recebemos um centavo. Pelo contrário, gastamos para estar aqui. Ainda gastamos com alimentação pois a comida que nos davam era macarrão com salsicha, arroz e feijão muito ruim”

Segundo os jogadores, Solito cobrou, deles e de outros atletas, entre R$ 800 e R$ 2 mil para colocá-los no Afogadense, porém descobriram que o clube sequer possuía documentação, razão pela qual teve inscrição negada na Federação pernambucana de Futebol.

“(…) o responsável pelo clube afirmou que só queria sete jogadores e com o dinheiro da transferência em mãos. Mas todos já haviam pago a transferência e valores ao Solito, que não mandou o dinheiro” Blog do Nill Júnior)


Caso Flamengo de Pirajuí

No final de 2017, Solito Alves embolsou R$ 6 mil do jovem Pedro Felipe, sob promessa de colocá-lo para disputar o Campeonato Paulista da Série B pelo Flamengo de Pirajuí, do qual era treinador.

O dinheiro foi depositado na conta da ‘Peruíbe Escolinha de Futebol’, movimentada pelo golpista.

Em 27 de fevereiro de 2018, Pedro viajou a Pirajuí para se integrar, conforme combinado, ao Flamengo, que, para surpresa do rapaz, estava fechado por dificuldades financeiras.

Desesperado por ter tomado dinheiro emprestado para dar ao ‘agente’, além de ter gastado para enviar o filho ao interior de São Paulo, o senhor Sinval Damasceno exigiu toda a quantia de volta.

Esperto, Solito tornou a enganá-los, sob promessa de levar Pedro, em agosto, ao Mogi Mirim.

Novamente passagens foram compradas e nada aconteceu, sequer as filiações na Federação Paulista de Futebol e CBF, também prometidas pelo golpista.

Depois disso, outras promessas foram realizadas e também descumpridas.

Sem alternativa, o senhor Sinval e o filho Pedro ajuizaram, em 22 de dezembro de 2018, ação contra Solito, requerendo os valores gastos, além de indenização por Danos Morais.

No dia 01º de outubro de 2019, a Juíza Marian Najjar Abdo, da 1ª Vara Civel de Santo Amaro, proferiu a Sentença.

Solito foi condenado a devolver os R$ 6 mil, acrescidos de juros e correções, além de ressarcir R$ 338,70 das passagens de ônibus, e pagar R$ 5 mil pelos Danos Morais.

O agente recorreu, mas o TJ-SP, no dia 28 de fevereiro de 2020, confirmou a condenação.

Desde então, as vítimas, sem sucesso, tentam receber a quantia.

Em meio a esse processo descobriu-se novas ‘espertezas’ de Solito; por exemplo, há anos o golpista não declara Imposto de Renda, o que, pelo que se observa em sua movimentação no submundo do esporte, em tese, poderia configurar crime de sonegação:

Confira abaixo a troca de mensagens de Pedro com Solito, evidenciando o ‘conto do vigário’ de quem, agora, se apresenta como dono da ‘FIFA’.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: