Advertisements

Candidato a presidente do São Paulo deve R$ 2,3 milhões após ser condenado por descumprir contrato com fornecedora de combustíveis

Em 11 de dezembro de 2012, Roberto Natel, através do ‘Auto Posto 2000’, de sua propriedade, tomou R$ 1,35 milhão emprestados da Alesat Combustíveis S/A, sob promessa de comprar, com exclusividade, os produtos da distribuidora.

R$ 309.202,00 foram depositados em conta no dia 28 de maio de 2013 e R$ 1.040.798,00 enviados em combustíveis.

Porém, Natel descumpriu a clausula comercial, passando a comprar de outros fornecedores.

Por conta disso, a Alesat, amparada em contrato, deu por encerrado o acordo – que venceria apenas em 01 de outubro de 2020) com a consequente cobrança, à vista, da pendência, acrescida de multa, juros e demais correções.

O processo foi protocolado na Justiça em 07 de maio de 2018, com o cálculo atualizado para R$ 1.414.026,68.

No dia 28 de agosto de 2018, a juíza Renata Barros Souto Maior Baião, da 19ª Vara Civil de São Paulo, deu ganho de causa à Alesat, homologando o rompimento do contrato, condenando o ‘Auto Posto 2000’, de Roberto Natel, ao pagamento da multa (a ser calculada), com juros de 1% ao mês, a restituir todos os equipamentos cedidos em comodato, além de proceder a descaracterização visual do comercio, que ainda exibia o logo da reclamante.

Desde então, a ação de execução, após diversas tentativas, inclusive de citação do devedor, ainda não foi cumprida.

Natel, paralelamente, ingressou com processo tentando comprovar que a Alesat teria fornecido menos combustível do que o combinado em acordo, mas esse caso ainda está em trâmite na Justiça.

A dívida, corrigida (sem contar a multa), aproxima-se de R$ 2,3 milhões.

Roberto Natel é candidato a presidente do São Paulo, tendo como adversário Julio Casares.

 

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: