Advertisements
Anúncios

Fala elitista de André Negão é cultura da gestão do Corinthians há mais de uma década

André Negão, diretor administrativo do Corinthians, ao participar de live comandada por torcedores, defendeu que os mais pobres, aqueles que não conseguem comprar produtos do clube, não são corinthianos:

“Você é sócio do clube? Você é sócio torcedor? Você tem o cartão BMG? Então não posso te responder nada… você não tem nenhum relacionamento com o Corinthians… você não é corinthiano”

Diante da repercussão negativa que viralizou nas redes sociais, horas depois, Negão postou pedido de desculpas:

“Numa live na quinta, o que eu disse deu margem a uma interpretação infeliz”

“Corinthiano é corinthiano. Se o cara dá o SANGUE e a VOZ pelo Corinthians, não tem discussão”

“Peço desculpas a todos de coração. O corinthiano não foge e eu conheço o amor de vocês”

Era tarde.

Mais do que um pensamento de André Negão, o comportamento elitista é marca da gestão que infelicita o Corinthians há mais de uma década.

Os jogos do Timão, num estádio construído acima de suas possibilidades financeiras, com ingressos vendidos a preços proibitivos, afastaram os frequentadores dos tempos de Pacaembu, retirando da periferia o assento agora ocupado – quando ocupado – pela classe média.

Na própria vida pessoal dos dirigentes é possível observar esse tipo de comportamento.

O Villa Mix, casa noturna da qual Andres Sanches, até pouco tempo, era sócio oculto, barrava a entrada de pobres, pretos e pessoas consideradas de ‘má-aparência’.

Negão, que viveu uma vida inteira dos suados recursos daqueles que sonhavam em ganhar a ‘sorte grande’ em jogatinas da região do modesto Parque Novo Mundo e faz política, há anos, nas regiões mais pobres de São Paulo, pisou na bola, porque tem obrigação de compreender a histórica relação entre o Corinthians e os menos favorecidos.

Talvez esteja impregnado pela soberba que atinge os ‘novos ricos’, principalmente os que mudam de vida do dia para a noite.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

1 comentário em “Fala elitista de André Negão é cultura da gestão do Corinthians há mais de uma década”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: