Advertisements

Sobre as conversas entre Corinthians e CAIXA

O Corinthians fez vazar à imprensa detalhes de possível acordo com a CAIXA, que ocasionaria, por hora, a interrupção do processo de execução, por calote, movido pelo banco contra o clube.

Tratada, indevidamente, como positiva, a negociação, se firmada nos termos propostos, será desastrosa ao clube.

De cara, o Corinthians aceitaria pagar todas as multas, elevando o valor de dívida de R$ 400 milhões iniciais para R$ 537 milhões (já descontados os tais R$ 100 milhões, aproximados, que a diretoria alvinegra diz ter quitado ao longo dos anos).

Esse montante seria dividido em parcelas de valores menores, porém inseridas em prazos maiores (fala-se em acréscimo entre três e cinco anos), não apenas amarrando o clube a mais tempo de financiamento, quando a promessa inicial era de quitação antecipada, como por conta dos juros, ampliando ainda mais a pendência.

Levando-se em consideração o balanço alvinegro, que há mais de doze anos não registra superavit, e sim prejuízos diversos, é grande a temeridade do clube não conseguir recursos suficiente para honrar o novo compromisso.

Nem o caos é o limite quando se trata da gestão Andres Sanches.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: