Advertisements
Anúncios

Jogadores perdem direitos, CBF é ‘blindada’, enquanto clubes serão ‘premiados’ pela má-gestão

Começa a ser moldada a proposta, apoiada pelo Governo, pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia e pela CBF, da legislação que poderá transformar os clubes do país em empresas.

O que parecia promissor, em verdade, servirá para beneficiar os de sempre.

Dentre as mudanças principais, destacamos:

  • jogadores de futebol que receberem acima de R$ 10 mil mensais perderão direitos previstos pela CLT;
  • os clubes que aderirem não poderão criar Ligas que conflitem com interesses da CBF, devendo permanecer submissos aos torneios organizados pela Casa Bandida;
  • Devedoras de diversos calotes em impostos, as agremiações poderão parcelar, pela enésima vez, suas pendências (através de recuperação judicial), incluindo agora até dívidas trabalhistas.

Trata-se de claro privilégio aos malfeitores e às Federações e Confederações.

Por outros lado, os clubes, que, sem pagar boa parte dos impostos, conseguem quebrar suas despesas, passariam, assim que aderirem ao novo modelo, passarão a ser cobrados por tributos dos quais antes eram isentos.

Abre-se o campo para novos calotes.

Nossos governantes, na base dos conchavos habituais, comandados pelos de sempre, conseguem fazer de um sistema que tem funcionado em todo o planeta, um poço de imoralidades diversas.

Hoje, em Brasília, os presidentes de Corinthians e Santos estarão reunidos com Rodrigo Maia para participarem, em nome dos clubes, dos ajustes ao texto final da proposta.

Leco, do São Paulo, não aceitou o convite.

Nos próximos dias, outros cartolas serão chamados.

Diante do histórico de todos, fica difícil que resulte destes encontros algo minimamente aproveitável.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: