Advertisements
Anúncios

MPF questionará CAIXA e BNDES sobre garantias do Corinthians no contrato de empréstimo do negócio “estádio de Itaquera”

Recentemente, a Justiça de São Paulo decidiu que o Corinthians terá que pagar 28 anos de aluguel retroativo (além da obrigação de manter pagando os atuais) pela utilização de área pública, que era tratada no Parque São Jorge como se fosse particular.

Justiça cancela concessão de parte do Parque São Jorge e Corinthians terá que pagar indenização milionária à Prefeitura

O problema chamou a atenção de torcedor tricolor, juiz de direito, leitor deste blog, que decidiu motivar o MPF para esclarecer a questão.

Segundo o magistrado, os promotores questionarão CAIXA e BNDES sobre se esses terrenos (oficialmente do Município) estariam entre os que foram destinados pelo clube como garantidores do negócio “estadio de Itaquera”.

Em estando, o Corinthians será obrigado a fornecer novas garantias, sob risco de sofrer execução sumária do contrato de empréstimo (R$ 400 milhões).

À medida que os fatos se desenrolarem, o leitor será devidamente informado.

Amanhã (15), o Conselho Deliberativo do clube se reunirá para análise das contas de 2018, mas poderia aproveitar, à bem da instituição, e questionar o presidente Andres Sanches se existe razões, neste caso, para preocupações futuras.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: