Advertisements
Anúncios

Náutico admite dívida com o Palmeiras, mas justiça manda retirar da conta juros “crefizenses”

Recentemente, o Palmeiras ingressou na justiça contra o Náutico, cobrando-lhe calote pela transação de empréstimo do jogador Patrick Vieira.

R$ 333 mil queria receber o Verdão.

O clube pernambucano admitiu a pendência em juízo, mas contestou, em embargos, os juros cobrados pelo clube.

A justiça então, ao debruçar-se sobre o contrato, deu razão ao Náutico, por conta de clausula condicionando o acréscimo à variação do IGPM, não ao preço cobrado pela equipe palestrina.

A dívida, que deverá ser paga nos próximos dias, caiu de R$ 333 mil para R$ 326,4 mil.

DESENHANDO: juros “crefizenses” é alusão aos 20% ao mês, cobrados pela patrocinadora do Palmeiras de alguns clientes que tomam da empresa dinheiro emprestado.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: