Com tranquilidade, Bélgica faz três a zero no Panamá

Em ritmo de treino, a Bélgica fez o suficiente para vencer, com facilidade, a fraca equipe do Panamá, por três a zero.

Tivemos uma primeira etapa com os belgas ditando o ritmo – até um pouco lento, do jogo, e os panamenhos se defendendo, por vezes, até desastradamente.

Ao menos três jogadas claras de gol foram criadas, mas, quando não a sorte, a ineficiência na conclusão do adversário salvou o Panamá.

Hazard e De Bruyne alternavam-se com bons passes e jogadas, mas nem todos os companheiros estavam inspirados.

Incomodada com o empate, a Bélgica decidiu passear na etapa final.

Logo no primeiro minuto, Mertens, aproveitando rebote em jogada de ataque, pego de primeira e colocou no ângulo oposto do goleiro, marcando um gol monumental.

Com os belgas controlando o jogo, o segundo gol saiu aos 23 minutos, em jogada de três dedos de De Bruyne na cabeça de Lukaku, que não perdoou.

Lukaku fez mais um, aos 29, recebendo assistência de Hazard.

Nos minutos finais, o Panamá tentou marcar ao menos um gol de honra, mas a qualidade dos jogadores não ajudou.

Não há dúvidas de que a Bélgica, com ótima equipes, se classificará para a próxima fase, restando saber em que colocação, numa disputa bem interessante a ser travada, tudo indica, com a Inglaterra.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.