Portuguesa tenta embargar cobrança do Palmeiras, mas toma “pito” do juiza

Recentemente, o Palmeiras ingressou com ação de cobrança contra a Portuguesa, que tramita na 28ª Vara Civil de São Paulo.

O valor do calote é de R$ R$ 218.008,34.

A juiza Ana Lucia Xavier Goldman ordenou o pagamento, que a Lusa tentou obstar, na última sexta-feira (8), com pedido de “embargos de execução”.

Não conseguiu e ainda levou um “pito”, após solicitação de “justiça gratuita”:

“Indefiro a gratuidade da justiça, pois a embargante certamente aufere renda com transmissões de partidas de futebol, transferência de jogadores (como a que deu azo à emissão do título executivo em lume) e outras provenientes de sua atividade como associação esportiva”

“Logo, à evidência tem condições para arcar com as custas do processo, cujo valor não se mostra excessivo ante os fatores acima. Fixo o prazo de 15 dias para recolhimento das custas processuais e contribuição previdenciária, sob pena de extinção”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.