Advertisements
Anúncios

Tite e seus vinte e três

O treinador Tite acaba de convocar os 23 jogadores que disputarão a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, pela Seleção Brasileira.

Poucas surpresas, dentro do que vinha acontecendo nas últimas convocações, mas alguns nomes deconfiáveis, principalmente o limitado volante Fred (Shakhtar Donetsk), que só é melhor do que o excepcional Arthur, do Grêmio, nas mesas de negociações dos empresários.

No gol, Alisson e Ederson eram certezas, enquanto a convocação de Cássio, dentro do contexto que, em regra, o terceiro goleiro, quando não homenageado pela carreira é levado para ganhar experiência, ou seja, não entra em campo (nunca jogou, em Mundial algum) justifica-se mais pelos título conquistados no Corinthians ao lado do treinador do que pela qualidade técnica do arqueiro.

Com a ausência do então titular Daniel Alves na lateral direita por contusão, Fagner foi convocado, à princípio, para ser titular, o que é uma temeridade, por se tratar de um jogador eficiente no ataque, mas extremamente deficiente tanto da marcação quanto na inteligência de comportamento disciplinar dentro de campo.

O reserva será Danilo, apenas razoável.

Na esquerda, o melhor do mundo, Marcelo, terá como sombra Filipe Luís, uma boa opção.

Todos os zagueiros convocados são ótimos: Miranda, Marquinhos, Thiago Silva e Geromel – enfim confirmado, após desempenhos notáveis no Campeonato Brasileiro.

É no meio-campo que Tite escorrega, mesclando jogadores razoáveis, alguns bons, com outros absolutamente sem nível de Seleção Brasileira.

Ou seja, é torcer para que os melhores estejam em boa fase ou não se machuquem, porque as alternativas não são nada promissoras.

Casemiro é merecedor pelo ótimo trabalho no Real Madrid, assim como Paulinho e Philippe Coutinho, do Barça, e William, do Chelsea.

Renato Augusto foi chamado pelo passado com Tite no Corinthians, Fernandinho, comum, pela experiência internacional e Fred, da potência Shakhtar Donetsk, por razões sabidas, mas que nunca serão comprovadas.

Entre os atacantes, Neymar, Douglas Costa e Firmino são os mais merecedores, um por ser craque indiscutível e os outros pelas excelentes fases que vivem atualmente.

Gabriel Jesus não vem jogando bem, mas é melhor do que a concorrência e Taison, outro do Shakhtar Donetsk, inferior a diversos atacantes brasileiros, inclusive alguns que jogam por aqui, deve fazer parte da “cota” que jamais será explicada.

Apesar dos deslizes na convocação, que obrigarão o torcedor a cruzar os dedos para que não ocorram contusões e suspensões na equipe titular, no geral, a Seleção Brasileira é forte, muito bem treinada, e, em chegando ao Mundial com o mesmo desempenho dos último jogos, é uma das favoritas à conquista.

O título, a ser disputado, tudo indica, com Alemanha, Espanha ou Argentina (palpite do blog), se vier, será muito comemorado e, como de hábito, apagará o erros e as nebulosidades.


LISTA COMPLETA DOS JOGADORES CONVOCADOS À SELEÇÃO BRASILEIRA

Goleiros

Alisson, Cássio e Ederson

Defensores

Danilo, Geromel, Filipe Luís, Marcelo, Marquinhos, Miranda, Fagner e Thiago Silva

Meio-campistas

Casemiro (Real Madrid), Fernandinho, Fred (Shakhtar Donetsk), Paulinho (Barcelona), Philippe Coutinho, Renato Augusto e Willian
Atacantes

Neymar, Gabriel Jesus, Roberto Firmino, Douglas Costa e Taison

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

2 comentários sobre “Tite e seus vinte e três

  1. Interessante sua opinião. Eu acredito que fora a zaga com Geromel, zagueiro comun e fraco, o resto são os melhores. Arthur, belo jogador, mas ainda falta mostrar contra equipes de outro patamsr, seria uma grande temeridade.

  2. Mais uma vez Paulinho, ótimo jornalista investigativo de bastidores, mostra que pouco entende de futebol quando bola está rolando… Fagner foi chamado, apesar de atacar razoavelmente bem, mais por ser bom na defesa (sempre pouco vazada do Corinthians) e marcar bem (apesar de ser violento), além disso Tite mesmo já disse que Danilo deve ser o titular!!!!

    Já, insistir em colocar Argentina como favorita (mesmo após péssimo desempenho nas eliminatórias e em amistosos internacionais contra equipes titulares que estarão na Copa,como Nigéria e Espanha), mostra apenas uma estranho apreço pessoal por esse seleção… Porém, citar ela como favorita e não a França junto a Brasil, Espanha e Alemanha (a qual acho que não chega longe dessa vez,mas é sempre competitiva), mostra falta de atenção aos últimos torneios disputados valendo 3 pontos por partida e falta de conhecimento do jogo e da capacidade das atuais seleções em.si.

    Paulinho: veremos…

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: