Advertisements
Anúncios

O drama da Seleção Brasileira sem Daniel Alves

A contusão de Daniel Alves (35), que retirou-lhe a oportunidade de encerrar a carreira disputando um título de Copa do Mundo, vitimou, também, a Seleção Brasileira.

O lateral, mesmo em declínio técnico, está anos luz à frente de seus concorrentes de posição.

Não á toa, assim como é certa, anualmente, a escolha do melhor jogador do mundo entre Messi e Cristian Ronaldo, é também a colocação de Daniel Alves e doutro brasileiro, Marcelo, na escalação dos onze atletas do planeta, apresentados na premiação.

Com Daniel em campo, o Brasil atacaria com enorme poder de fogo pelos dois lados do campo na Copa do Mundo.

Sem ele, perderá força ofensiva ou, se a tiver, com as prováveis escolhas de Danilo ou Fagner, correrá risco defensivos graves, quando não, no caso do atleta alvinegro, notório descabeçado, de terminar partidas do mundial com um homem a menos.

Tite terá que mudar o que já estava bem alinhavado no setor defensivo para superar esta perda, certamente, insubstituível na qualidade, além de importante, segundo informações de bastidores, no ambiente interno da Seleção.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: