Advertisements

Dirigente do Santos diz que futebol feminino é “supérfluo”

Odir Cunha (dir) com Milton Neves

supérfluo
adjetivo substantivo masculino
  1. 1.
    que ou o que ultrapassa a necessidade, que é mais do que se necessita.
    “riqueza s.”
  2. 2.
    p.ext. que ou o que é redundante; desnecessário.
    “palavras s.”

O jornalista Odir Cunha, que tanto se movimentou até conseguir “uma boquinha” na diretoria do Santos, conseguiu, mais uma vez por razões lamentáveis, se fazer notar pelo torcedor do clube.

Recebemos cópia de manifestação do dirigente, em rede social, afirmando que futebol feminino é “supérfluo”.

A frase tentava justificar as razões pela qual o Peixe não deveria investir em sua equipe de mulheres.

Triste pensamento, revelador de preconceito e atraso na maneira de enxergar as mudanças que, há tempos, estão ocorrendo no mundo, que tornaram obrigatórias, por lei, dar ás mulheres espaço para que possam, com dignidade, exercer mais esta profissão.

Advertisements

Facebook Comments

One Response to “Dirigente do Santos diz que futebol feminino é “supérfluo””

  1. Ronaldo ASantos Says:

    O jornalista Odir Cunha, que tanto se movimentou até conseguir “uma boquinha”

    Provou ser o mais do mesmo. Anos e anos criticando a Globo, dizia ”a Globo e seus filhotes (Sportv e Premier) Espanholização ” hoje lambe as botas da RGT. Um fiasco ou a outra face, daqueles, que sempre foram criticados por não conceder “uma boquinha” ao Blogueiro.

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: