Advertisements
Anúncios

Tropa de Elite e O Mecanismo

O filme “Tropa de Elite”, assim como sua continuação, foram aclamados por todos os setores da sociedade por retratarem, em ficção, a realidade das milícias cariocas.

Um dos personagens principais, confessadamente, foi inspirado em Marcelo Freixo, valoroso líder da esquerda nacional.

Ninguém reclamou dos excessos, muito menos das liberdades criativas.

Com absoluta justiça, o tema principal recebeu a devida consagração.

Anos depois, o mesmo autor, José Padilha, lançou “O Mecanismo”, série bancada pelo Netflix, que se assume como ficção, assim como “Tropa de Elite”, tendo como pano de fundo verdades descobertas pela “Operação Lava-Jato”, da Polícia Federal.

Ousou, porém, criticar o “Deus” Lula, líder máximo do esquema de corrupção do Governo por mais de uma década, assim como sua sucessora, Dilma Rousseff.

Bastou para os que antes idolatravam Padilha trata-lo agora, assim como á empresa de “streaming”, pela alcunha de “golpistas”.

Como de hábito, os protetores da “divindade” não comentaram outras liberalidades da série, certamente agradáveis a seus ouvidos e pensamentos, como, em exemplo, tratar Aécio Neves como “bandido” e Michel Temer em papel de canalha.

Ambas as definições, assim como as atribuídas aos petistas, versões fidedignas do pensamento popular.

O Mecanismo é uma obra de ficção, baseada em fatos reais, com objetivo de criticar o sistema, sob a ótica autoral de quem tem o direito de dizer o que pensa sobre o assunto.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: