A verdade arrebentou eleição à presidência do TJ-SP de desembargador, candidato a vice de Goulart no Corinthians

Uma semana antes das eleições no TJ-SP, o desembargador Ademir de Carvalho Benedito, candidato à presidência, comportava-se como eleito, amparado na mais cara campanha realizada – dizem, com aporte financeiro pouco recomendável.

No período subsequente, até a abertura das urnas, a verdade ocasionou-lhe um desfecho político dos mais constrangedores.

Os eleitores, também magistrados, receberam em seus gabinetes amplo material comprovando aproximações de Ademir Benedito com bicheiros, acusados por roubo de carga, e demais criminosos.

90% das matérias, soubemos, tinham origem no Blog do Paulinho.

Por razões evidentes, o comportamento, impróprio a qualquer cidadão de bem, quanto mais a um magistrado, foi abominado pela grande maioria, gerando uma reviravolta eleitoral que culminou na vitória do Desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, com 213 votos, superando os 124 do adversário.

“Será o Benedito ?!”, deve ter pensado o magistrado derrotado.

É esse sujeito, que tem dois filhos trabalhando no Parque São Jorge e que, talvez por isso, não esconde procedimento próximo da bajulação ao grupo de Andres Sanches, que aceitou ser candidato à vice-presidente do Conselho Deliberativo no Corinthians, tendo como presidente o deputado federal Antonio Goulart, apoiado pelos Gaviões da Fiel, condenado pelo TJ que Ademir Benedito queria presidir, por “Improbidade”, flagrado que foi em esquema de contratação e pagamento indevido à gráfica da própria esposa.

Tem gente que a vida ensina a mudar.

Outros parecem exemplo do ditado popular: “pau que nasce torto…”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

One Reply to “A verdade arrebentou eleição à presidência do TJ-SP de desembargador, candidato a vice de Goulart no Corinthians”

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.