Anúncios

Após veto, jornalistas da Globo “somem” com produtos em suas redes sociais

Do UOL

Por RICARDO FELTRIN

Se fosse feito um levantamento para saber quais foram os sites mais acessados pelos jornalistas da Globo esta semana, certamente em 1º lugar estaria o Instagram. Em segundo, o Facebook.

Isso porque os profissionais da emissora passaram a semana toda acessando freneticamente essas duas redes para apagar centenas, quiçá milhares de marcações de produtos e locais em seus posts: -de itens de beleza a garrafas de vinho, de bares e restaurantes a resort e hotéis etc.

A corrida dos globais para eliminar as marcações nas redes privadas começou na última segunda (4), quando todos os profissionais do Jornalismo receberam um e-mail do diretor Ali Kamel.

Na mensagem ele avisava que a prática de marcar ou fazer check-in em produtos ou locais não seria mais permitida pela Globo.

Apesar de alguns âncoras e repórteres especiais terem realmente exagerado na marcação de itens, conforme o site Notícias da TV informou anteontem, a prática havia saído completamente fora do controle nos últimos meses em absolutamente toda a redação.

Não só os medalhões do Jornalismo, mas produtores, editores, repórteres “apuradores” e outros funcionários do departamento estavam abusando dessa prática nos últimos meses. Ao ponto de chamar a atenção da chefia.

Uma repórter, por exemplo, fazia foto e marcava a loja de procedência de cada garrafa de vinho que ela abria com amigos ou familiares. Soube-se depois, ela recebia da loja um suprimento de cerca de 300 garrafas por ano (quase uma por dia).

Outro jornalista fazia check-ins quase que semanais de hotéis e resorts que ele frequentava sempre com os filhos e a namorada. Depois, postava suas impressões sobre os locais –SEMPRE positivas– em seu blog pessoal e em seu perfil no Instagram.

Na verdade, ele nunca pagava pelas diárias, apenas pelo consumo de frigobar ou bebidas alcoólicas.

Outra jornalista começou a fazer o mesmo dando “crédito” a todo momento a uma companhia aérea que a levava gratuitamente em viagens pelo país, ao lado do marido.

Mas há outros casos mais comezinhos, como o de um produtor da Globo que jantava todas as semanas em restaurantes e bares em troca de apenas um check-in.

E houve ao menos um curioso caso em que a jornalista (famosa) ganhou a festa de aniversário do filho num buffet infantil chique em troca de uma marcação, um post elogioso e, claro, de levar o máximo de outras amigas famosas ao estabelecimento.

Com a decisão da direção da Globo em proibir a prática, restaram na última semana apenas suspiros, choro e ranger de dentes de quem vai ter de voltar a enfiar a mão no bolso e pagar por todos os seus gastos pessoais.

Anúncios

2 Respostas to “Após veto, jornalistas da Globo “somem” com produtos em suas redes sociais”

  1. Eudigosempre Says:

    Republicou isso em Associação Base União E Garra (ASBUG).

  2. Esporte na Globo abandona de vez o Jornalismo | Blog do Paulinho Says:

    […] https://blogdopaulinho.com.br/2017/12/10/apos-veto-jornalistas-da-globo-somem-com-produtos-em-suas-r… […]

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: