Anúncios

Archive for 20 de abril de 2017

Discípulo de Lula ameaça matar Sérgio Moro

abril 20, 2017

Anúncios

Corinthians tenta aprovar contas, às vésperas do prazo limite, sem parecer fiscalizador

abril 20, 2017

Emerson Piovesan

No limite do prazo para aprovação de contas do clube (final de abril), a diretoria do Corinthians, talvez aproveitando-se desta necessidade, enviará às pressas ao Conselho Deliberativo, em reunião marcada, à princípio, para o dia 28 (véspera de feriado – o que facilitaria, também, a falta de quórum), toda a documentação.

Parecer da auditoria, em exemplo, será aprovado na mesma data.

Ou seja, os conselheiros não terão certeza alguma sobre absolutamente nada.

A justificativa, óbvia, é a de que o Corinthians será prejudicado se o balanço não for publicado, na imprensa, até o dia 30.

Levando-se em consideração que dia 28 é véspera de feriado, que a reunião terminará próxima da meia noite, sendo os dias 29 e 30, respectivamente, sábado e domingo, com o feriado na segunda (1º) – já fora do prazo e o primeiro dia útil, terça-feira (2 de maio), teria já a diretoria do Corinthians, contando com a aprovação, enviado as contas, mesmo sem anuência do Conselho, às mídias impressas, pagando pelos anúncios, antecipadamente ?

Até porque, sabemos, ainda mais em véspera de feriados, os anúncios publicados em finais de semana são comercializados, se tanto, até o último dia útil anterior.

Dia 29 ou 30 saberemos.

Para complementar o absurdo, na última segunda-feira (17), questionado por conselheiros, o presidente do Conselho, Desembargador Guilherme Strenger, utilizou como justificativa para a marcação da reunião no dia 28 o fato do órgão, até então, sequer ter recebido parecer do Conselho Fiscal, nem do CORI, sobre a contabilidade alvinegra, além da necessidade, explicitada acima, de cumprir o prazo previsto pela legislação.

Fato é que o procedimento escancara o cabresto que segura as decisões do CD alvinegro, que, deveria, se agisse com respeito ao Corinthians, analisar, antes, as contas de 2014 e 2015, protocoladas pelo diretor financeiro Emerson Piovesan, no próprio órgão, com a afirmação de que foram “maquiadas” em gestões anteriores, o que, por consequência, compromete quaisquer exercícios futuros, mesmo se previamente auditados.

ABAIXO CONVOCAÇÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO, COM ANUÊNCIA DO DESEMBARGADOR GUILHERME STRENGER

CARTA DE GUILHERME STRENGER EVIDENCIANDO QUE A CONTAS DO CORINTHIANS NÃO POSSUEM PARECER SE ÓRGÃOS FISCALIZADORES ALVINEGROS

Ouça a rádio Rock n’ Gol ao vivo !

abril 20, 2017

Blog do Paulinho

Por Fora do Campo

São Paulo será ainda maior cedendo a “Taça das Bolinhas” ao Flamengo

abril 20, 2017

Especula-se, após a decisão do STF que ratificou o absurdo de conceder ao Sport/PE o título de campeão brasileiro de 1987, em verdade, conquistado pelo Flamengo, que o São Paulo reivindicará, oficialmente, junto à CAIXA (que guarda o troféu) a posse definitiva da “Taça das Bolinhas”, destinada ao primeiro penta-campeão nacional.

Deveria pegá-lo, mas para fazer a coisa certa.

O São Paulo demonstraria imensa grandeza se, após receber o troféu, convocasse a imprensa e o presidente do Flamengo e repassasse o objeto, que, por justiça, há décadas, deveria estar em local de destaque na sala de troféus rubro-negra.

A Justiça do esporte (nada a ver com STJD e assemelhados) daria exemplo grandioso àqueles que, há tempos, apesar do ofício, distorcem leis à serviço da política.

Sinalizadores, organizadas e dirigentes

abril 20, 2017

Ontem, em duas oportunidades, a partida que culminou com a eliminação do Corinthians da Copa do Brasil, mais uma vez jogando na Arena de Itaquera, diante dum Internacional tão fraco que disputará a segunda divisão do Brasileiro em 2017, torcedores “organizados”, trajando camisas da facção criminosa “Gaviões da Fiel”, interromperam a partida, em momentos que o time dominava as ações, por conta da utilização de sinalizadores, que, sabem, são proibidos pela legislação.

Se de bandidos, que sequer torcem para o clube, mas para sua própria congregação de lamentáveis, não se pode esperar atitude inteligente, ou decente, é da diretoria alvinegra, que facilitou o absurdo, que se deve pedir explicações.

O Corinthians, após a construção do estádio, que delimitou lugares aos torcedores, estava com a faca e o queijo nas mãos para trocar a frequência dessa gente pela de pessoas decentes, bastando adotar, o que já existe em alguns setores, a prévia venda somente pela internet, sem a demarcação de setores privilegiados (exceto camarotes) a quem quer que seja.

Mas não.

Além de reservar lugar para os “organizados”, o clube tratou de retirar as cadeiras detrás das metas, vilipendiando seu próprio patrimônio, acolhendo os imbecis que, a cada rodada, prejudicam ainda mais o Corinthians.

Não apenas pelo comportamento detalhado nas linhas acima, ms porque, também, sequer consomem produtos vendidos na Arena (o que ampliaria a arrecadação), pagam ingressos (quando pagam) abaixo dos valores cobrados aos outros presentes e, vez por outra, ainda vandalizam os locais que infelicitam com a própria presença.

Fazer do exemplar réu e ocupar o STF com questão menor são coisas nossas

abril 20, 2017

(trechos da Coluna de JUCA KFOURI na FOLHA)

Pior que gastar horas e papel para elogiar uma atitude que deveria ser obrigatória como se fosse extraordinária (e o pior é que no Brasil é), é ter de defender quem a adotou.

Claro que a referência é ao gesto de Rodrigo Caio.

Depois dos justos aplausos recebidos eis que ele passou a apanhar dos próprios companheiros e a ser ironizado até por seu treinador, que um dia não hesitou em falsificar a assinatura de uma senhora para evitar multa de trânsito ou fez elogios públicos a um dos bancos do valerioduto, o BMG, quando patrocinador do São Paulo.

Chegamos a tal ponto: o cara decente vira réu e a malandragem ganha o reino do céu.

Ou a presidência da República, o governo do Estado, quem sabe uma prefeitura.

STF X CND

Se não bastasse, eis que vemos nosso mais importante tribunal, o guardião da Constituição, gastar tempo com uma questão de 30 anos atrás, decidida em campo e avalizada pelas arquibancadas como a conquista pelo Flamengo do título brasileiro de 1987.

O mesmo Supremo Tribunal Federal que é capaz de impedir um presidente do Senado, por ser réu, de substituir o presidente da República, e de mantê-lo na presidência do Senado, caso de Renan Calheiros, chancela a decisão da CBF ao considerar o Sport campeão, medida tão equivocada como inútil, porque quem viveu e conhece a história, sem ser adepto nem do rubro-negro pernambucano nem do carioca, sabe e já registrou o verdadeiro campeão.

Bom lembrar que, à época, o CND, Conselho Nacional de Desportos, o órgão superior do esporte brasileiro, considerou ilegal o cruzamento que a CBF queria impor ao Flamengo e ao Inter, campeão e vice da Copa União, o Brasileiro de então.

Ao CND sim, e não ao STF, fazia sentido, por seu conhecimento técnico, decidir tais questões.

Ultimamente acostumado a voltar as costas ao decidido pelo povo, o STF marcou outro gol contra.

Com o voto do ministro que, quando secretário da Segurança paulista, impôs torcida única nos clássicos estaduais.

Dito isso, acrescente-se: nem que Jesus Cristo desça à Terra e diga ser o Sport o campeão brasileiro de 1987 o Flamengo deixará de sê-lo.

Simplesmente porque foi. E é.

NOTA DO BLOG: para saber mais sobre o caso da falsificação de assinatura de Rogério Ceni basta clicar no link a seguir:

https://blogdopaulinho.com.br/2013/11/27/exame-grafotecnico-derrotou-rogerio-ceni-na-justica/

Árbitro suspeito apitará clássico na Paraíba mesmo com parecer contrário da corregedoria da CBF

abril 20, 2017

O TJD da Paraíba recebeu, no último dia 07 de abril, email enviado pelo Coronel Edson Rezende, corregedor de arbitragem da CBF, demonstrando preocupação com a apuração das acusações de corrupção em partidas do Estado, inquérito este aberto após o Blog do Paulinho publicar áudio do atleta Walter, ex-Botafogo/PB, dando conta de que dirigentes do clube compravam árbitros e resultados.

https://blogdopaulinho.com.br/2017/03/22/zagueiro-entrega-compra-de-resultados-favoraveis-ao-botafogopb-os-caras-sao-safados-demais/

Rezende diz que a CBF está orientando árbitros ligados à entidade a não trabalharem em jogos não apenas do Campeonato Paraibano, mas noutros ligados à entidade (Brasileiro, Copa do Brasil, etc), até que sejam apuradas as graves acusações.

Porém, ainda assim, um dos acusados, o árbitro João Bosco (que apita jogos do Brasileirão), voltará à ativa no dia de hoje (20), num clássico, entre Treze e Campinense, mesmo sem ter ainda seu caso devidamente avaliado nas investigações.

É sua primeira aparição desde a divulgação do áudio pelo Blog do Paulinho.

ABAIXO EMAIL ENVIADO PELA CORREGEDORIA DA CBF AO TJD-PB 

De: Corregedoria Arbitragem

Enviado: sexta-feira, 7 de abril 16:42

Assunto: Solicitação
Para: tjdfpb@outlook.com

Exmo, Sr. Presidente do TJDFPB, Exercemos atualmente a função de Corregedor de Arbitragem da CBF e estamos acompanhando, com preocupação e interesse, o caso de possíveis envolvimentos de componentes da arbitragem desse estado no cometimento de delitos envolvendo manipulação de resultados em jogos de futebol. Alguns componentes da arbitragem da Federação Paraibana de Futebol fazem parte da SENAF-Seleção Nacional de Árbitros de Futebol da CBF, e esta Corregedoria oficiou à Comissão de Arbitragem da CBF sugerindo que os mesmos não atuem em competições coordenadas pela entidade até que haja conclusão do inquérito que V.Exa. determinou instauração para apurar os fatos noticiados. Solicitamos a especial gentileza por parte de V.Exa. no sentido de autorizar seja informado a esta Corregedoria as conclusões após as devidas investigações sobre o fato, visando posicionamento deste órgão junto à Comissão de Arbitragem da CBF. Solicitamos ainda, a gentileza de confirmar o recebimento deste expediente.

Att.Edson Rezende de Oliveira – Corregedoria/Arbitragem-CBF


%d blogueiros gostam disto: