Anúncios

Archive for 7 março, 2017

Conselheiros aprovaram contas do Corinthians sem a informação de deficit de R$ 97 milhões

março 7, 2017

Em 13 de abril de 2015, o Conselho Deliberativo do Corinthians reuniu-se para aprovação das contas do exercício 2014, assinadas pelo diretor financeiro do período, o contador Raul Corrêa da Silva.

Até então, a informação passada a todos, pelo balanço, era de enorme superavit: 230,5 milhões.

Por conta disto, a aprovação foi quase instantânea.

Tivemos acesso, porém, à ata da referida reunião, que comprova, sem sombra de dúvidas, que os conselheiros votaram as contas sem a posse de todas as informações, entre as quais a de que, em verdade, o tal “superavit” estava “maquiado” (palavras do atual diretor financeiro, Emerson Piovesan).

O resultado real era de deficit no valor de R$ 97 milhões.

Nas duas últimas páginas da ata, logo após a aprovação das contas, Piovesan, talvez para eximir-se de problemas futuros, fez chegar às mãos do Presidente do Conselho, o desembargador Guilherme Strenger, a informação dos números reais da contabilidade alvinegra:

“Finalmente, consigna-se que a mesa recebeu comunicação do Diretor Financeiro Emerson Piovesan, esclarecendo que “as receitas oriundas da contabilização do Fundo de Investimento Imobiliário Arena (R$ 327,576 milhões) não representam reflexos financeiros para o clube, consequentemente, o resultado financeiro para o exercício findo em 31 de dezembro de 2014 foi um deficit de R$ 97.015 milhões.”

Em vez de cancelar a votação anterior ou submeter o balanço a novas discussões – nem que necessário fosse a convocação de futura reunião (afinal, ficava claro que os conselheiros votaram sob indução de erro), Strenger, que à época era partidário das gestões ligadas a Andres Sanches, após a leitura rápida do comunicado do atual diretor de finanças (que poucos ouviram – logo após a votação  a maioria já havia se retirado do local), deu por encerrados os trabalhos:

“Nada mais havendo a tratar, ninguém postulando o uso da palavra, o Presidente agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a reunião, lavrando a presente ata, assinada pelo 1º Secretário e pelo Presidente.”

Vale lembrar que as contas do Corinthians, referentes ao exercício 2014, foram auditadas pelo escritório RSM Fontes (que, por razões óbvias, não poderiam desconhecer as “maquiagens”), com assinatura do auditor Luis Cláudio Fontes, ex-funcionário de Raul Corrêa da Silva, que esteve punido, recentemente, pelo CVM por irregularidades cometidas no exercício da profissão.

Abaixo trecho da ata que indica a assinatura dos auditores da RSM Fontes

Saiba mais dobre a relação entre a RSM Fontes e o ex-diretor de finanças do Corinthians, Raul Corrêa da Silva

https://blogdopaulinho.com.br/2015/05/02/contas-do-corinthians-foram-novamente-auditadas-por-parceiro-do-diretor-financeiro/

https://blogdopaulinho.wordpress.com/2014/08/26/os-auditores-das-contas-do-corinthians-nas-gestoes-sanches-e-gobbi-as-manipulacoes-de-raul-correa-da-silva/

https://blogdopaulinho.wordpress.com/2014/04/13/auditor-que-assinou-balanco-do-corinthians-teve-registro-cassado-no-cvm-e-tem-historico-problematico-na-profissao/

Anúncios

Ouça a rádio Rock n’ Gol ao vivo !

março 7, 2017

rockngol-logo-preto

Blog do Paulinho

Palmeiras emporcalha sua história ao humilhar-se diante do dinheiro da Crefisa

março 7, 2017

Leila Pereira e Paulo Serdan

Em reunião do Conselho Deliberativo que ratificou a eleição da Leila Pereira, esposa do proprietário da CREFISA, como conselheira, mesmo em clara afronta ao Estatuto (a ‘empresária” não possuía tempo necessário de associada para concorrer), o Palmeiras jogou na lama mais de 100 anos de história.

Humilhou-se ao submeter-se, publicamente, ao dinheiro da patrocinadora, que, apoiada pelo “capo” Mustafá Contursi, comprou a alma e a decência de seus apoiadores.

Dos 228 conselheiros presentes, somente 45 defenderam o clube, apesar de que apenas 30 destes tiveram a coragem de assinar a ata com o registro público de seus votos.

Duas decepções: Paulo Nobre, que em conveniente licença não compareceu para votar, e Seraphim Del Grande, eleito presidente do Conselho sob as asas de Contursi, a quem combatia no passado.

Quanto será que valeu o show ?

Espera-se agora por duas situações:

  • a primeira, em benefício da história palestrina, a entrada na Justiça dos poucos que honraram seus nomes e cargos, no intuíto de cassar o mandato de Leila Pereira;
  • a segunda: as óbvias manobras da Crefisa para cooptar, seja lá a que custo, a “opinião” do que se mostraram contrários a seus desejos.

Que este conselheiros mantenham-se firmes, diferentemente doutros (alguns) que comportaram-se como “damas da noite” que na menor oportunidade de fisgar um empresário endinheirado, submetem-se, sem pudor, às mais inqualificáveis situações.

Para não ser expulso, Neto pede desligamento de Conselho Deliberativo do Corinthians

março 7, 2017

Eleito conselheiro do Corinthians pela chapa “Renovação e Transparência”, o ex-jogador e agora comentarista Neto, da BAND, sequer comparecia às reuniões, apesar de, em seu programa de televisão, invariavelmente tratar seus colegas de Conselho como omissos.

Pelo regulamento do órgão, conselheiros faltosos, sem justificativa para tal, devem ser expulsos, com a consequente cassação de seus mandatos.

Nem o ex-presidente Lula escapou, sendo obrigado, após exposição pública de sua condição de faltoso, a renunciar.

A gota d’água de Neto se deu na reunião que indeferiu o processo de impeachment do atual presidente alvinegro Roberto “da Nova ” Andrade, de quem se tornou desafeto, segundo informações, após desentendimentos comerciais ligados ao futebol.

Na BAND, o comentarista exigiu comprometimento do Conselho com o afastamento do mandatário alvinegro, porém, no dia da votação, não deu as caras no Parque São Jorge.

Após repercussão negativa de sua atitude, Neto não teve outro caminho a seguir: protocolou seu pedido de desligamento do Conselho, evitando assim o vexame da inevitável expulsão (por conta do excesso de faltas).

Modesto Roma combinou com Torcida Jovem pressão aos jogadores no CT do Santos

março 7, 2017

O presidente do Santos, Modesto Roma Junior, articulou com a cúpula da facção criminosa “Torcida Jovem do Santos” a “visita”, ontem, em horário comercial, de trabalhadores que se dizem torcedores ao CT do clube.

Elegantes, muitos deles sem camisa, agraciados pelos horários flexíveis que devem possuir em seus “ofícios”, foram recebidos por “satisfeitíssimos” jogadores e membros da comissão técnica do Peixe.

O blog teve acesso a um áudio que comprova a promiscuidade de mandatário do clube com a “organizada”.

Nele, o Presidente do Conselho da “Torcida Jovem”, Marcello Índio, diz que Roma Junior solicitou aos “torcedores” uma comissão de dez elementos para “conversar” com os atletas e o treinador, Dorival Junior.

O “organizado” disse ainda que possuem wathsapp de todos os atletas (fica óbvio de que maneira conseguiram) e que, por eles, ‘conversam”, diariamente, com os jogadores do Peixe.

Estes devem estar bem satisfeitos, não ?

Índio disse ainda que esta prática, da promiscuidade, ou “aproximação”, como diz em áudio, existe desde os tempos de Marcelo Teixeira, passando por LAOR, brecada por Odílio Rodrigues e agora retomada por Modesto.

Comprova-se que há muito mais fatores, extracampo, nem sempre noticiados pela mídia, que podem estar contribuindo para que jogadores estejam, com razão, insatisfeitos em seu local de trabalho.

Tite e a comemoração

março 7, 2017

No último final de semana, o treinador da Seleção Brasileira, Tite, não se conteve quando, logo após ser homenageado pela torcida do Corinthians no estádio de Itaquera, viu seu clube de coração marcar gol contra o rival Santos.

Comemorou como se estivesse nas antigas arquibancadas.

O coração se sobrepôs à razão.

Críticas, por razões óbvias, foram feitas diante do episódio, algumas mais compreensivas, outras cobrando profissionalismo e compostura de quem exerce um cargo nacional.

Poucos se atentaram, porém, que bem mais grave, e comprometedor, do que comemorar efusivamente um gol marcado pelo Corinthians foi o fato de Tite assistir à referida partida no camarote da diretoria do clube, não em local isolado.

Esse procedimento garantiria-lhe não apenas mais privacidade, mas a distancia necessária da cartolagem, sempre cheia de interesses, naturalmente conflitantes com os do treinador da Seleção, evitando assim possíveis desconfianças em convocações posteriores.

“A AACD não aceita mais doações”, diz funcionário ao rejeitar ajuda de jornalista

março 7, 2017

Por EDUARDO SAVOIA*

No fim de semana fui à AACD doar um balão de oxigênio portátil completo, duas muletas novinhas em folha e uma botinha ortopédica (aquelas que substituem o gesso).

Falei com a recepcionista, com dois seguranças, e saí sem nenhuma certeza.

Um disse-me que não havia ninguém para receber: o outro segurança, avisou-me: “A AACD não aceita mais doações”.

E a recepcionista, então, lamentável.

Espero que alguém me explique a situação. Ou então, vou entender que a Instituição, que faz um excelente trabalho, está nadando em dinheiro.

*Desabafo publicado pelo jornalista Eduardo Savoia, em seu facebook


%d blogueiros gostam disto: