Anúncios

Archive for 15 fevereiro, 2017

Ciência registra primeiro caso de Q.I. negativo

fevereiro 15, 2017

frota

De O SENSACIONALISTA

A revista Nature publicou artigo nesta quarta-feira com uma novidade histórica: cientistas registraram, pela primeira vez, a ocorrência de um Q.I. (quociente de inteligência) negativo.

O Q.I. é um teste que mede a capacidade intelectual do indivíduo. Um Q.I. de 100 é considerado mediano. Acima disso ou abaixo disso, a pessoa é considerada de raciocínio lento ou superdotada. O Q.I. mais baixo que já havia sido registrado até o momento havia sido de 5 pontos, mas porque, por uma distração, o teste havia sido aplicado em uma pessoa morta.

Os cientistas da Universidade de Tranny, no entanto, se surpreenderam com um caso brasileiro. Após ver este tweet do ator pornô aposentado e técnico federal do ministério da Educação Alexandre Frota, os pesquisadores finalmente provaram a tese de que o Q.I. pode ser negativo.

NOTA DO BLOG: Alexandre Frota é ator pornô, mas nas horas vagas pensa entender de política

Anúncios

Corinthians: Humilhado, Flavio Adauto desmente Roberto Andrade, em desabafo ao “Esporte Interativo”

fevereiro 15, 2017

flavio-adauto

No início deste mês, o presidente do Corinthians, Roberto “da Nova” Andrade, em entrevista ao canal Esporte Interativo, afirmou:

“(caso Drogba) não teve intermediário, nada. Quem está falando é o presidente do Corinthians, ninguém mais. Convidamos o Drogba, ele tinha outro projeto para a vida dele, normal, nada demais”

Tratava-se de mentira, conforme documento assinado pelo próprio, dando poderes a agentes do submundo esportivo negociarem o jogador (confira no link abaixo):

https://blogdopaulinho.com.br/2017/02/02/presidente-do-corinthians-mente-em-entrevista-ao-esporte-interativo/

Ontem, demonstrando o clima que paira no Parque São Jorge, o humilhado diretor de futebol do Corinthians, Flavio Adauto, também ao Esporte Interativo, revelou:

“O Corinthians fez oito contratações. Todas elas deram certo porque o primeiro a ser consultado foi o atleta. O Drogba foi saber pela imprensa, por terceiros ou quartos”

“Começou tudo errado. Eu não escondo nada. Começou de forma estranha, terminou de forma mais estranha ainda. O Corinthians se envolveu depois de 10 dias de negociações-fantasma. O departamento de futebol não se envolveu no começo. Começa errado, termina errado”

“Foi um momento de infelicidade do Corinthians, de seus dirigentes de modo geral”

Ouça a rádio Rock n’ Gol ao vivo !

fevereiro 15, 2017

banner-radio-player

Blog do Paulinho

Mea Culpa de um torcedor do Corinthians

fevereiro 15, 2017

corinthians-camisa

Por RAFAEL PACHECO

Caro Paulinho.

Você certamente não se lembra de mim, mas travamos bons embates através das palavras. Creio eu que foi ali por 2008, 2009, quando como muitos fui parcialmente iludido por uma gestão aparentemente “nova” no Corinthians.

Devo dizer – e é bom que fique claro – que não concordo em absoluto com tudo o que pensa ou diz. Pelo contrário. Tenho visões bastante diferentes das suas sobre política, algumas coisas sobre torcida organizada e outras questões. Porém, não vem ao caso.

No que diz respeito ao Corinthians, objeto central dessa minha mensagem, devo dizer que concordo – e muito – com muito do que diz. Passei a enxergar, com o tempo, o quão mafiosa é essa organização que hoje comanda o clube.

Para ser bem honesto, acredito estar errado dizer “que hoje comanda”, porque ao meu ver é a mesma bandidagem desde os primórdios da década de 90. Analisando friamente o fato, nada e nem ninguém me tira da cabeça que Andrés e sua corja se voltaram contra Dualib e Nesi Cury por ordem dos próprios. Sentindo a corda apertar no pescoço, o pupilo de ouro dos quase centenários  donos” do clube organizou sua pequena revolta, apoiado ali pelo movimento “Fora Dualib”, e  deu o golpe de mestre, garantindo mais uma década (ou mais) de hegemonia para a gangue toda.

Conheci de perto o movimento Fora Dualib e alguns de seus integrantes. Posso te garantir que muita gente ali realmente se interessava e se importava com o bem do clube. Uma pena que tenham virado massa de manobra nas mãos de Andres e seu conveniente recém aliado, à época líder do movimento e hoje, anos depois, mais conhecido como ex-diretor de futebol Eduardo Ferreira.

Essa articulação mafiosa desse imenso grupo que vive do clube, quando deveria trabalhar PARA o clube, vai acabar jogando o Corinthians na lama. Penso que hoje não exista sequer um jogador promovido da base, um jogador contratado, ou um jogador vendido, sem que a turma toda ganhe sua comissão. Pior: acredito piamente que não exista uma única renovação sem que termos escusos de comissão e percentual sobre salário sejam levados à mesa (ou abaixo dela).

E o pior é que não vejo solução. Creio que nesse ponto também sejamos divergentes, mas penso que o maior problema do Corinthians é ter uma oposição tão ruim e aproveitadora quanto a situação.

Enfim, depois de muitos anos voltei a ler seu blog, e entre muita coisa que democraticamente não concordo, tudo o que diz respeito ao Corinthians compartilho da mesma opinião. Seus textos sobre o tema me fazem refletir bastante.

Abraços.

Pimenta no “rabo” Tricolor não será refresco

fevereiro 15, 2017

mesquita-abilio

O São Paulo terá dois candidatos à presidência do clube nas próximas eleições: Carlos Augusto de Barros e Silva (Leco) e José Eduardo Mesquita Pimenta.

A definição do quadro se deu após a desistência de Roberto Natel (dissidência da situação), que diante do crescimento oposicionista (turbinado pelo dinheiro de Abílio Diniz), decidiu re-apoiar o atual presidente.

Em verdade, ambas as opções são muito ruins.

Leco representa a continuidade da falta de competência administrativa e da política do oportunismo, expondo o clube a vexames esportivos e dificuldades financeiras (a efetivação de Rogério Ceni, novato, como treinador principal e a contratação de Lucas Pratto a peso de ouro exemplificam os procedimentos).

Porém, para que haja alteração desse panorama, não se deve apostar num candidato com passado tão controverso, alguns dizem, “imundo” no Tricolor (ligado a promiscuidade com empresários de jogadores), representado por Pimenta, espécie de “Andres Sanches” que sabe falar português.

“(…) tudo deve mudar para que tudo fique como está”, frase do príncipe de Falconeri, personagem do filme “O Leopardo” (verdadeira aula de política, história e sociologia do cinema italiano) é o princípio do gattopardismo, frequentemente utilizado pelos que tem como objetivo tomar o poder de um grupo (ou alguém) sob promessas que não almejam cumprir, com objetivo de realizar as mesmas práticas combatidas ou ampliá-las à favor dos que os cercam.

Neste caso, os parceiros de Pimenta são o bi-demitido Alexandre Bourgeois e o midas do Pão de Açúcar (do qual perdeu o comando, afastado após avaliação de gestão temerária pelo grupo que havia se tornado sócio do empreendimento), que, vale a pena lembrar, iniciou projeto no futebol, mais de uma década atrás, liderado pelo mal-afamado José Carlos Brunoro, homem de confiança da antiga Parmalat, que dispensa maiores apresentações.

Diferentemente do que diz o ditado popular: Pimenta no “rabo” do São Paulo não será refresco, ainda que a alternativa seja manter o que já existe de ruim, diante do desolador quadro de presidenciáveis tricolores, quando não de nível semelhante, sem coragem suficiente para encarar uma disputa com velhas raposas que vivem, quando não sobrevivem, do clube.

Andres Sanches processa colunistas da Jovem Pan que trataram-no como “bandido” e “sem-vergonha”

fevereiro 15, 2017

lula-e-andres

O deputado federal Andres Sanches (PT), ex-presidente do Corinthians, impetrou, no último dia 03 de fevereiro, ação criminal por difamação e injúria contra os jornalistas Marco Antonio Villa e Thiago Uberreich, ambos da rádio Jovem Pan.

A motivação foi um comentário sobre os problemas da Arena de Itaquera, em que o dirigente alvinegro foi tratado pelas alcunhas “bandido” e “sem-vergonha”.

O processo está no JECRIM, da Barra Funda.

Diante das seis ações criminais que Sanches responde no STF (uma delas com relatório da Receita Federal, que reafirma, com provas, a opinião dos jornalistas), além do que está por vir na Operação Lava-Jato (Andres é acusado de receber propina da Odebrecht), tudo indica, os advogados da emissora (que já devem estar imprimindo o Blog do Paulinho) não terão tanta dificuldade assim em defender seus clientes.

V(W)anderlei(y) Luxemburgo quita dívida com Cassino de Las Vegas

fevereiro 15, 2017

luxemburgo-baralho

A passagem do treinador V(W)anderlei(y) Luxemburgo pela China, se não foi boa para o próprio, como profissional, ao menos serviu para aliviar o bolso de seus credores primordiais: supermercado, farmácia e cassino.

Desde 2015, o Wynn Las Vegas Llc tentava receber o vulgo “Madureira” a quantia de R$ 500 mil, mediante Nota Promissória.

Sabe-se, esse tipo de garantia de pagamento somente costuma ser liberada a clientes contumazes do estabelecimento, normalmente quando ultrapassam limites do bolso e também dos cartões de crédito.

Ainda assim, para receber, o estabelecimento, sediado nos EUA, teve que processar o devedor no Brasil.

Luxa agora está liberado para tentar, diante do contexto de seus notórios procedimentos, recuperar a pendência, fazendo-se valer do capital adquirido em sua incursão por terras asiáticas.


%d blogueiros gostam disto: